Imagem mostra um Magic Keyboard ao lado de um mouse sobre uma mesa.
Ultima atualização: 14 de junho de 2021

Como escolhemos

12Produtos analisados

16Horas investidas

5Estudos avaliados

59Comentários coletados

Seja muito bem-vindo! O assunto do artigo de hoje é teclado para MacBook. Mas, como assim, teclado para um computador portátil?

Algumas pessoas preferem transformar o MacBook em um computador desktop e usá-lo com a tela fechada e acessórios como um monitor maior, teclado e mouse. Falaremos mais a seguir sobre como fazê-lo e te ensinaremos como escolher o teclado ideal!




Primeiro, o mais importante

  • Existem muitas vantagens em transformar o seu MacBook em um computador de mesa com auxílio de monitor, mouse e teclado.
  • É importantíssimo conferir se o teclado escolhido é compatível com dispositivos da Apple e com a versão do sistema operacional de seu MacBook.
  • Teclados com fio são indicados para gamers, enquanto quem usa o MacBook como computador de mesa para trabalho, estudo ou diversão deve optar por um modelo sem fio.

Os melhores teclados para MacBook: Nossas recomendações

Teclados para MacBook são, na realidade, teclados compatíveis com produtos da Apple. Nós selecionamos diferentes modelos de variadas faixas de preço, todos de excelente qualidade:

Guia de compra: O que você precisa saber sobre teclado para MacBook

Chegamos ao guia de compra, o setor do artigo que responde às perguntas mais frequentes sobre teclados para MacBook. Nas próximas linhas, você encontra tudo o que precisa saber!

Imagem mostra uma pessoa usando teclado e mouse sem fio com um MacBook.

O uso de teclado e mouse sem fio junto com o Macbook pode ter muitos benefícios. (Fonte: Lex Photography / Pexels.com)

Como usar um teclado em um MacBook?

MacBooks são os notebooks da Apple e, portanto, já possuem seus próprios teclados. Comprar um novo pode parecer redundante, mas há quem prefira transformar o aparelho em uma espécie de computador desktop.

Tal transformação é chamada de “modo clamshell”. Para fazê-la, é preciso um monitor maior e acessórios como teclado e mouse sem fio ou USB. O passo a passo é bastante simples:

  1. Conecte mouse e teclado via bluetooth ou USB ao MacBook e os instale.
  2. Ligue o cabo do monitor ao MacBook.
  3. Feche a tampa do MacBook para que a imagem fique toda no monitor.

Basta desconectar cada acessório quando você quiser que o MacBook volte a ser um computador portátil.

Outra possibilidade menos comum é colocar o MacBook em um suporte e usar teclado e mouse sem fio para usá-lo à distância.

Quais as vantagens do modo clamshell?

O modo clamshell tem como principal vantagem a melhoria das condições de trabalho. O usuário passa a ter uma tela muito maior que a do MacBook à disposição e também pode optar por teclados e mouses mais completos.

Há a liberdade de trabalhar com um mouse no lugar do touchpad original e de ocupar uma mesa com mais desenvoltura, porém, há a perda da liberdade de movimentação proporcionada pelo computador portátil.

Como desvantagens, destacamos a necessidade de adquirir equipamentos extras e a possibilidade de superaquecimento do MacBook.

Veja em uma tabela as vantagens e desvantagens de usar o MacBook no modo clamshell:

Vantagens
  • O computador passa a ter uma tela maior
  • Ótimo custo-benefício para quem quer o desempenho de um MacBook em uma grande tela
  • Liberdade para ter periféricos melhores
  • O uso do computador se torna mais robusto e profissional
Desvantagens
  • Pode apresentar superaquecimento
  • É preciso comprar equipamentos adicionais
  • Não é possível mover o MacBook durante o uso

O que um teclado para MacBook precisa oferecer?

O ponto indispensável na compra de um teclado para MacBook é que o periférico precisa ser compatível com produtos da Apple.

Tenha a certeza de que o teclado escolhido é compatível com dispositivos da Apple.

Muitos dos teclados sem fio genéricos disponíveis no mercado não possuem tal compatibilidade e, portanto, comprá-los para uso com um MacBook é perda de tempo e dinheiro.

Verifique também a compatibilidade com a versão do sistema operacional do seu MacBook. Alguns modelos podem servir apenas para determinadas gerações.

As demais questões são mais relacionadas às preferências pessoais.

Imagem mostra um teclado e um mouse da Apple junto a uma caderneta.

Escolha sempre teclados compatíveis com dispositivos da Apple. (Fonte: Lum3n / Pexels.com)

Teclado para MacBook com ou sem fio?

Você encontrará no mercado teclados compatíveis com dispositivos da Apple com fio ou sem fio.

Para usar um MacBook no modo clamshell, no qual a independência em relação ao dispositivo original é muito importante, os modelos sem fio se destacam. Eles oferecem maior liberdade sobre uma mesa e têm maior durabilidade.

O único senão é para quem usa o modo clamshell para jogar. Teclados com fio são mais confiáveis e possuem um tempo de resposta melhor do que os wireless.

Preparamos uma tabela comparando as duas opções:

Teclado com fio Teclado sem fio
Vantagens Melhor tempo de resposta e menos chances de falhas Maior liberdade de movimentação e de organização de espaço
Quando usar Games e trabalhos que não podem ser interrompidos Trabalho, estudo e lazer

Quais os estilos de teclado disponíveis para MacBook?

Você pode escolher entre alguns tipos específicos de teclado para usar com seu MacBook:

  • Magic Keyboard: O teclado original que a Apple usa em seus iMacs é compatível com os demais dispositivos da marca. É a escolha mais segura para uso com o MacBook, mas muito cara.
  • Teclado gamer: Os teclados especiais para gamers têm funções como teclas-chave maiores e luzes em LED que facilitam o uso. Podem ajudar muito os fanáticos por jogos.
  • Teclado simples genérico: Há alguns teclados genéricos, como os usados em PCs com Windows, que são compatíveis com dispositivos da Apple. É a escolha barata para quem não se dá bem com os Magic Keyboards.

Há alguns teclados que imitam o formato do Magic Keyboard e podem ser a escolha de quem quer o original da Apple, mas não pode investir tanto no periférico.

Critérios de compra: Fatores para a escolha de um teclado para MacBook

Você já sabe que tipo de teclado quer para usar com seu MacBook, mas ainda precisa conhecer alguns critérios importantes para a escolha do modelo ideal. É sobre eles que falaremos abaixo!

Idioma e padrão

Muitos dos teclados compatíveis com dispositivos da Apple seguem o padrão em inglês, diferente do que usamos no Brasil. Eles não possuem a tecla “ç” e as formas de usar os acentos também não são as mesmas.

Se você faz questão de um teclado como os usados no Brasil, precisa escolher um que siga os padrões ABNT ou ABNT-2. Essa é uma informação que costuma estar disponível nas especificações técnicas.

Imagem mostra um teclado, um mouse, uma caderneta e um óculos sobre uma mesa.

A maior parte dos teclados disponíveis na internet usa o inglês como idioma base. (Fonte: cottonbro / Pexels.com)

Tamanho e teclas

Quanto mais compacto é um teclado, menos teclas ele possui. Com a popularização de dispositivos de pequeno porte, tornou-se muito comum eliminar a parte numérica do periférico, por exemplo.

Quem trabalha com números ganha muito em velocidade se o teclado numérico estiver disponível.

Além de não possuírem o teclado numérico, os modelos menores podem não contar com outras importantes teclas que agilizam e facilitam o trabalho.

Se você não trabalha com digitação e não faz muito uso de números, não há tanta necessidade do teclado numérico e de suas teclas vizinhas, mas não há como quem usa muito o periférico abrir mão de um modelo maior.

Alimentação

Teclados sem fio precisam de uma fonte de energia. Existem várias possibilidades diferentes e você pode escolher a que mais te agrada.

Os modelos oficiais da Apple possuem entrada USB com tecnologia moderna que permite um carregamento muito rápido. Outras versões, sobretudo mais genéricas, funcionam com pilhas AA ou AAA.

A praticidade da carga rápida dos modelos da Apple é enorme, mas tais modelos também custam caro.

Alcance

O modo clamshell oferece possibilidades como deixar o monitor fixo em uma mesa e sentar em um sofá ou cama para trabalhar ou ter momentos de lazer. Quem planeja se distanciar muito do MacBook, porém, precisa conferir o alcance do teclado escolhido.

Para modelos com fio, observe a medida do tamanho do fio. A escolha mais óbvia, porém, é a de um teclado sem fio e, nesse caso, você precisará ver qual é o alcance máximo da conexão do bluetooth para saber se é possível usar o periférico da maneira desejada.

Resumo

O uso de um MacBook no modo clamshell, com um monitor maior e periféricos, é ideal para quem quer aproveitar o desempenho do dispositivo e montar uma estação de trabalho. É preciso escolher um teclado bom e compatível para fazê-lo.

Você deve prestar atenção se prefere um teclado que se pareça com o original da Apple ou com uma aparência mais genérica, se quer que ele tenha fio ou não e qual o tamanho que te agrada. O padrão ABNT também é importante para quem usa o equipamento no Brasil.

(Fonte da imagem destacada: customcontentsolutions / Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas