Imagem mostra um splitter em detalhe.
Ultima atualização: 28 de junho de 2021

Como escolhemos

8Produtos analisados

9Horas investidas

3Estudos avaliados

85Comentários coletados

Seja muito bem-vindo! Você ouviu falar em splitter, mas não sabe exatamente o que é esse acessório e como ele pode te ajudar? Tenha calma e fique conosco! Nesse artigo, traremos todas as informações necessárias!

Os splitters são pequenos componentes que servem para dividir os sinais transportados por cabos sem perda de qualidade. Muito usados nas redes de internet, podem ter ainda outras importantes funções!




Primeiro, o mais importante

  • O splitter mais conhecido do grande público é o para HDMI. Reproduzir o conteúdo de uma tela em várias outras sem necessidade de conexão com a internet pode ser útil em várias situações.
  • Por sua vez, splitters de fibra óptica são os mais usados por profissionais. Eles são fundamentais para a distribuição dos sinais de internet pelos provedores.
  • Splitters não são caros e são fáceis de usar. Você deve comprar um modelo compatível com o cabo que deseja multiplicar o sinal e prestar atenção na qualidade do material e na robustez.

Os melhores splitters: Nossas recomendações

É possível usar splitters com diversos tipos de cabos e conexões. Selecionamos excelentes modelos com funções variadas, garantindo que você encontrará algum do seu interesse!

Guia de compra: Tudo o que você precisa saber sobre splitters

Chegamos ao guia de compra, o setor do artigo que tira as dúvidas mais comuns sobre splitters. Nós pesquisamos quais são as perguntas frequentes sobre tais acessórios e preparamos respostas completas!

Imagem mostra uma pessoa instalando um splitter.

Profissionais de elétrica devem saber lidar com splitters. (Fonte: cherokee4 / 123rf.com)

O que é um splitter e para que ele serve?

Um splitter é um pequeno acessório que é usado em uma rede ou em um cabo e tem a função de dividir um sinal em dois ou mais novos caminhos sem gerar perda de qualidade.

O funcionamento do splitter é com uma ou mais entradas e duas ou mais saídas. O mais comum, porém, é que exista uma entrada, para que se coloque ali um cabo com um sinal corrente, e duas saídas, para a perfeita repartição do sinal agora em novas direções.

Se você colocar um splitter 1:2 em um cabo HDMI, por exemplo, passa a ter duas saídas, podendo ligá-lo a dois televisores ou monitores diferentes, coisa que pode ser muito útil em algumas situações.

Você sabia que muitos dos splitters para fibra óptica usam um processo chamado de litografia óptica, uma releitura tecnológica da clássica arte que envolve impressão de desenhos ou escritos em um papel através de placas metálicas?

Em quais situações é mais comum o uso de splitter?

Diferentes tipos de cabos e de redes podem ter splitters. Eis os mais comuns:

  • Fibra óptica: Os splitters são fundamentais para as redes de fibra óptica. Eles garantem a manutenção da qualidade do sinal e podem gerar um enorme número de divisões e novos caminhos.
  • HDMI: Não é fácil dividir o sinal HDMI de maneira adequada. Os splitters conseguem fazê-lo de com excelência, o que é ideal para quando é preciso reproduzir a mesma imagem em mais de uma TV ou monitor.
  • Ventiladores: Dentro de um computador, os splitters adaptam as saídas de conectores entre a placa-mãe e os ventiladores. Assim, caso você pretenda melhorar o sistema de resfriamento interno, pode instalar tais acessórios.

Não confunda splitters com switches: Os segundos fazem o caminho contrário, transformando uma entrada em várias. É o caso, por exemplo, de um hub USB.

Splitter HDMI vale a pena?

Você já precisou reproduzir o conteúdo da tela do seu computador em mais de uma TV ou monitor ao mesmo tempo? Essa tarefa pode acontecer com softwares específicos de compartilhamento, mas se torna muito complicada quando não há internet.

O splitter HDMI é uma solução pequena, barata e eficiente para a transmissão de imagem a mais de uma tela.

O splitter HDMI pode ser uma boa solução: Trata-se de um pequeno dispositivo com uma entrada, na qual você deve ligar o cabo HDMI que sai de seu computador, e duas ou mais saídas, para que se pluguem novos cabos que serão conectados aos demais aparelhos.

Não é sempre que existe a necessidade de usar tal dispositivo, mas ele é barato e atende a uma necessidade muito específica de maneira fácil e eficiente. Portanto, se um dia você precisar fazer a divisão de sinal do seu computador para duas ou mais outras telas, saiba que essa é a solução óbvia.

Eventualmente, você também pode transmitir a tela do seu computador para dois monitores maiores para uso próprio. Por mais que essa seja uma situação ainda mais rara, ela também pode ser realizada através de um splitter HDMI.

Imagem mostra três monitores exibindo a mesma imagem lado a lado.

O splitter HDMI reproduz o conteúdo de uma tela em várias outras. (Fonte: Matt Pike / Unsplash.com)

Splitter balanceado e splitter desbalanceado: Quais as diferenças?

Quando falamos em splitters para fibra óptica, tão usados nas montagens de redes pelos provedores de internet, é preciso saber que existem dois tipos diferentes: Balanceado e desbalanceado.

O que justifica esses nomes é o fato de que no splitter desbalanceado a perda de sinal não é a mesma em todas as saídas, ao contrário do que acontece com o balanceado.

Splitters desbalanceados existem apenas no formato 1:2 (uma entrada e duas saídas) e, por isso, são indicados para redes menores e para um contexto já residencial. Na grande construção das conexões de fibra óptica, a liderança é toda dos balanceados, uma vez que podem chegar até a 1:128.

Confira uma tabela que compara os dois tipos de splitters para fibra óptica:

Splitter balanceado Splitter desbalanceado
Proporção de entradas e saídas Variada, podendo atingir até 1:128 Sempre 1:2
Perda de sinal Igual para cada uma das saídas Desbalanceada, sempre maior em uma das saídas
Principais usos Grandes redes de distribuição de sinal Ambiente já residencial, conexões de porte menor

Critérios de compra: Fatores para a escolha de um splitter

Esse é o setor do artigo que te ensina a comprar o modelo ideal de splitter. Discutiremos alguns dos critérios mais importantes para a sua escolha!

Compatibilidade

Não é qualquer splitter que tem compatibilidade com qualquer cabo, uma vez que tipos diferentes de cabos transportam sinais de naturezas completamente distintas.

Um splitter para fibra óptica não serve para HDMI, e nenhum dos dois é indicado para USB. Portanto, antes de fazer a sua compra, você deve ler com qual tipo de cabo é recomendado o uso do modelo escolhido.

Acerte na compatibilidade do splitter para não jogar dinheiro no lixo!

Imagem mostra monitores lado a lado com imagens similares.

É possível facilitar o trabalho em múltiplas telas com um splitter HDMI. (Fonte: Tranmautritam / Pexels.com)

Entradas e saídas

De quantas entradas e saídas você precisa em seu splitter? Independente do tipo de cabo para o qual ele será usado, é possível encontrar variações satisfatórias.

Splitters para fibra óptica podem ter até 128 saídas.

É claro que as maiores variações estão nos splitters para fibra óptica, já que eles podem chegar a uma proporção de até 1:128. Lembre-se, contudo, que são sobretudo para uso profissional. Quando falamos em modelos caseiros, os números são menores.

Se você quer repartir o seu HDMI para quatro ou oito monitores, porém, é bastante possível que consiga encontrar o modelo ideal ainda por um bom preço.

Material e robustez

É muito difícil que exista algum problema com um splitter de fibra óptica. Ele estará sempre protegido dentro de uma rede cabeada e ninguém mexerá nele por um longo período de tempo. Portanto, a durabilidade é alta.

Quando falamos em modelos para uso doméstico ou profissional, porém, precisamos pensar nos efeitos que o constante transporte e as ligações diversas podem causar. O ideal é optar por modelos com materiais robustos, como borrachas de qualidade, e que dificilmente sofrerão com quebras e desgastes.

Resolução

Se você pretende que o splitter HDMI mantenha a qualidade das imagens de seu computador nas telas para as quais ele replicará a imagem, precisa de um modelo que seja compatível com altas resoluções.

Essa é uma especificação especialmente importante para quem faz questão de qualidade de imagens. Preste atenção se o modelo em questão é capaz de replicar resoluções 4K ou Full HD, garantindo que não haverá nenhum prejuízo no momento da transmissão.

Resumo

Os splitters são importantes dispositivos que ajudam a dividir um cabo em dois, quatro, oito ou até mesmo mais. Profissionais de cabeamento e elétrica são quem mais os usam, mas em alguns casos é possível precisar manuseá-los em uma situação doméstica.

Para o público em geral, o splitter HDMI é o mais comum. Ele permite que se divida o sinal de imagem e som de uma tela via HDMI em dois ou mais, o que pode ser importante em alguns contextos como aulas ou compartilhamento de informações.

(Fonte da imagem destacada: aydo8 / 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas