Ultima atualização: 22 de abril de 2020

Como escolhemos

11Produtos analisados

14Horas investidas

3Estudos avaliados

42Comentários coletados

Olá, tudo bom? Seja muito bem-vindo. No artigo de hoje, falaremos sobre o rádio Philco, o player de áudio e música multi-plataforma com um excelente custo-benefício.

Com um rádio Philco, você tem um som de qualidade que pode vir de qualquer lugar, e o melhor: pode levá-lo para qualquer lugar. Neste Guia, vamos ajudar você a escolher o modelo ideal, apresentando os melhores do mercado, os diferentes designs e as diferentes funcionalidades, entre outras informações valiosas.

Primeiro, o mais importante

  • Os rádios Philco são multifuncionais. Sintonizam bandas FM, lêem CDs, reproduzem MP3, entre outras funcionalidades.
  • Há inúmeros designs para o rádio Philco, mas todos partem do antigo boombox, com dois alto-falantes nas laterais e um painel de comando no centro.
  • A Philco, infelizmente, diminuiu drasticamente o número de rádios que sintonizam a banda AM. A maioria sintonia apenas ao FM.

Os melhores rádios Philco: Os escolhidos da redação

Entre diversos modelos, designs e funcionalidades, nós elegemos os melhores rádios Philco do mercado, levando em conta a experiência do usuário e, claro, seu custo-benefício.

O melhor rádio Philco com bass boost

O rádio Philco PB126 é um dos mais populares da marca, e não à toa. É um modelo prático, portátil e multifuncional. São três entradas de áudio - USB, CD e AUX -, fora a sintonização digital na banda FM, executadas com grande qualidade de som, com direito ao equalizador de grave exclusivo SuperBass. O aparelho ainda lê arquivos MP3, três tipos de CD, têm quatro funções de áudio e som estéreo.

O melhor rádio Philco com leitor de CD

O rádio Philco PB130 é perfeito para ouvir os seus CDs favoritos - e músicas do seu pendrive, do seu celular e seus programas de rádio também. Com um design mais comprido, com dois alto-falantes de 10W, saída para fone de ouvido e outros dois subwoofers laterais, este modelo permite visualizar a faixa tocada com um display digital, reproduzi-la novamente na função repeat e colocá-las no aleatório com o botão random.

O melhor rádio Philco bluetooth

O PB119 é um dos modelos da Philco com mais funcionalidades, a começar pela função scan no FM. Com conexão bluetooth, é compatível com arquivos MP3 e WMA, que podem ser lidos pela entrada USB e visualizados no display digital. Feito sob especificação da AAT (Tecnologias de Áudio Avançadas), o alto falante é montado no sistema downfiring, que volta o som para o piso. É também resistente a água (IPX4).

Guia de Compra

Num mundo dominado por smartphones e seus fones de ouvidos invocados, por vezes esquecemos do prazer de compartilhar um som, ou mesmo de ouvir o bom e velho chiado do FM. Com o rádio Philco, você pode fazer isso e muito mais, e sem ficar preso num passado analógico.

Com múltiplas funcionalidades e conexões, o rádio Philco é a solução mais prática e barata para reproduzir o seu som de qualidade, onde quer que seja. No Guia de Compras abaixo, vamos olhar para suas variedades e tecnologias, para que você encontre o modelo mais adequado ao seu gosto e necessidades.

Imagem mostra um grupo de jovens num terraço, dançando ao som de um rádio portátil, que fica apoiado no chão.

O rádio Philco proporciona de maneira prática um som compartilhado e de qualidade.(Fonte: dolgachov/ 123rf.com)

Por que ter um rádio Philco em 2020?

Eis aqui uma pergunta pertinente. Com tantas caixas de som bluetooth, fones de ouvido sem fio e smartphones com potentes alto falantes, vale adquirir um rádio Philco?

A questão aqui são as funcionalidades de cada um, e a necessidade de quem compra. Porque o rádio Philco tem diversas, mas que podem simplesmente não ser úteis para certos usuários.

Ler um CD, por exemplo, de nda serve para quem só ouve música no celular. Mas para quem vai fazer uma apresentação ou ensaio de dança com uma setlist de um CD, já é bastante válido.

Outro ponto é a versatilidade do rádio Philco, que com múltiplas entradas de áudio, é quase como um “centro de mídia”, podendo tocar um som do que estiver disponível, entre pen drive, CD, celular e até um antigo mp3/mp4 player.

Vantagens
  • Multifuncional
  • Lê CDs
  • Múltiplas entradas de áudio
Desvantagens
  • Tecnologias obsoletas

Vale a pena ter um rádio Philco com bluetooth?

Por padrão, todos os rádios Philco têm pelo menos uma entrada de áudio auxiliar (cabo p2), e muitos deles contam com entrada USB e leitor de CD. A conexão bluetooth somente tem a somar à funcionalidades dos modelos.

O usuário dos Iphones mais recentes, por exemplo, só poderiam se conectar ao rádio Philco por bluetooth, visto que os aparelhos novos da Apple têm conexões específicas e não compatíveis fora da marca.

Ao mesmo tempo, adquirir um rádio Philco somente pelo seu bluetooth pode ser pouco útil, já que há caixas especializadas com essa conexão, que têm maiores alcances, permitem conexões simultâneas, entre outras funções.

Imagem mostra um rádio portátil sobre uma cadeira. Entre botões de seu painel frontal, há o símbolo de conexão bluetooth.

O bluetooth torna o rádio Philco ainda mais versátil, mas não deveria ser o único motivo da sua compra.(Fonte: Pixabay/ Pexels.com)

Onde é possível comprar um rádio Philco antigo?

O rádio Philco faz sucesso no Brasil desde a década de 1930, com modelos consagrados e presentes na memória afetiva de muita gente, que ouvia jogos, telenovelas e esperava a sua música favorita aparecer na rádio.

foco

Você sabia? A Philco foi a primeira marca a lançar um videogame no Brasil. O Telejogo foi lançado em 1977 em só tinha três jogos. O Telejogo II veio em 1979, já com 79 opções de jogos.

O “Capelinha” foi um desses famosos, assim como o “Ford”, oficialmente chamado Transglobe, que até hoje é vendido em lojas de antiguidades ou lojas especializadas em rádios e principalmente de aparelhos eletrônicos antigos. A internet é a melhor fonte, em sites de vendas como Mercado Livre e OLX.

São esses os estabelecimentos que você deve recorrer se deseja a sensação nostálgica dos Philcos antigos. Eles funcionam bem, com sintonia de qualidade, e, principalmente, com opção de bandas AM.

Imagem mostra uma mulher, em segundo plano, desfocada, deitada e com o pé direito apoiado num rádio antigo, este sim no foco seletivo, em primeiro plano.

Os rádios Philco antigos fazem parte do passada nostálgico de muitas famílias, e muitos ainda funcionam direitinho! (Fonte: StockSnap/ Pixabay.com)

Rádio Philco, speaker ou caixa acústica?

Num contexto de aparelhos de som híbridos, pode ser difícil diferenciar entre um rádio, um speaker e uma caixa acústica, os três principais produtos da Philco do segmento. O rádio apresentamos bastante por aqui, com a combinação de entradas e a presença obrigatória de, ora, uma antena de rádio.

A caixa acústica tem muitas funcionalidades similares ao rádio, mas com outro design, mais para uma caixa mesmo, e uma potência muito maior do alto falante (10w do rádio contra 100w da caixa). É pensado para eventos de um maior porte, contendo até luzes sincronizadas.

O speaker, por sua vez, tem um design bastante diferente, com o alto falante dominando 70% do produto, e funcionalidades voltadas à conexão por bluetooth, ainda que tenha entrada auxiliar (mono) e rádio FM.

Qual o preço do rádio Philco?

Ainda que com funcionalidades variáveis, o rádio Philco tem uma montagem básica e a mesma premissa, de reproduzir áudio de múltiplas fontes. Seu preço, assim, não tem um grande variação.

Você encontra modelos novos e básicos a partir de R$ 150, e modelos mais modernos, robustos e tecnológicos por até R$ 400.

Critérios de Compra: como comparar os rádios Philco

Vamos agora com nossa lista de critérios de compra, para ajudar na sua escolha quando você estiver na loja ou no seu site preferido. Seus itens são elementos do rádio Philco, que merecem a sua atenção especial.

Falaremos, então, de cada um dos itens, para que a sua escolha seja muito informada e a melhor possível!

Entradas e saídas

O primeiro ponto que vale a sua atenção são as entradas e saídas de áudio. São elas que irão dizer muito de como será a sua experiência com o modelo, isto é, as possibilidades que você terá para reproduzir e escutar música.

O ideal é que haja o maior número possível de entradas e pelo menos uma saída para fone de ouvido. Ainda assim, já vale optar pelo modelo que atenda à sua fonte de áudio. Um celular, por exemplo, precisa de uma entrada auxiliar ou conexão bluetooth; uma playlist no seu pen drive precisa de entrada USB.

 Imagem mostra o painel de entradas e saídas de áudio de um aparelho sonoro.

Muito da experiência do seu rádio Philco é ditada pelas entradas e saídas e de áudio do modelo.(Fonte: Little Visuals/ Pexels.com)

Leitor CD

É até engraçado falar de CDs no mundo dos streams, mas ainda há muitos discos e coleções por aí, e leitores de CD nos rádios Philco também. Assim, se você tem muito CD que vale o play, note se o modelo que você quer tem essa funcionalidade.

Notar os tipos de CD (CD, CD-R, CD-RW) é também bastante útil. O mesma atenção vale para quem não tem CD nenhum. Neste caso, é para não pagar por uma funcionalidade que você não irá usar.

Funções de reprodução

Critério mais restrito para quem usa CDs e o FM. Para estas pessoas, as funções de reprodução vão abrir o leque de possibilidades de seu modelo. A função scan, por exemplo, que não está em todos os modelos, pode ser muito útil para quem leva seu rádio Philco em viagens.

A função repeat, por outro lado, pode ser útil para quem está ensaiando uma música, ou para um professor de inglês passando suas atividades para a sala. Atenção, portanto, aos botões do painel de controle, normalmente no centro do aparelho.

Imagem mostra um close do painel de controle de um rádio portátil com botões de funções diversas.

As funções de reprodução abrem maiores possibilidades, principalmente para os usuários de CD e do rádio FM.(Fonte: Maxim Ibragimov/ 123rf.com)

Arquivos suportados

Não adianta dar um livro russo para quem só fala português, certo? Da mesma maneira, de nada adianta comprar um rádio Philco que só lê MP3 se você exporta seus arquivos em midi, por exemplo.

Assim, fique atento aos arquivos suportados pelo seu modelo de escolha. Os rádios Philco costumam a ler em sua entrada USB o MP3 e no máximo arquivos em WMA. Além disso, melhor apostar em outras maneiras de conexão.

(Fonte da imagem destacada: Oleh Tokarev/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Lucas Ayres Jornalista
Apaixonado por música, vive antenado às novas tecnologias. Escreve sobre os produtos que orbitam esse universo, e outros que deixam o dia a dia mais fácil e prático.