Ultima atualização: 12 de junho de 2021

Seja muito bem-vindo! Um dos termos que sempre aparecem quando navegamos na internet ou usamos o smartphone é “cache”. Às vezes, ele pode até mesmo causar lentidão. Mas, afinal, o que é cache?

Nesse artigo, nós trazemos todas as informações necessárias sobre o cache: O que é? Para que serve? É bom ou ruim para o seu dispositivo? Fique conosco, descubra as respostas e nunca mais tenha dúvidas sobre o assunto!




Primeiro, o mais importante

  • Cache é uma espécie de depósito de informações sobre usuários em sistemas operacionais e navegadores. Ele ajuda a agilizar a navegação e o uso de aplicativos.
  • Não existe risco de segurança com o cache, uma vez que ele não é compartilhado com terceiros.
  • Quando o cache fica muito cheio, pode ocupar um espaço grande em disco e causar lentidão. É preciso, então, apagá-lo.

Tudo o que você precisa saber sobre cache

A palavra “cache” vem do francês e significa “escondido”. Como você verá nas respostas a seguir, existe um motivo para isso!

A ideia do cache é agilizar o acesso a sites e arquivos. (Fonte: Vlada Karpovich / Pexels.com)

O que exatamente é cache?

De maneira simplificada, podemos dizer que o cache é uma espécie de depósito de informações que todo sistema operacional e navegador possui sobre as ações de seus usuários.

Sempre que você visita um site ou abre um aplicativo, o seu sistema operacional, não importa se Windows, Android, iOS ou outro, guarda informações sobre isso em uma pasta específica. Os arquivos com tais informações são chamados de “cache”.

Portanto, quando você vê a opção “apagar dados de cache” em seu tablet, computador ou smartphone, é a esses arquivos que ela diz respeito.

Para que serve o cache?

A função do cache em um computador ou smartphone é fazer com que o acesso a sites e aplicativos seja mais rápido.

Quando você digita o endereço de um site, o seu computador envia para o seu servidor de internet um pedido para receber os pacotes de dados que permitem que a exibição.

O tempo para que o site apareça completamente na sua tela é justamente o do recebimento desses pacotes de dados. Quando já há informações salvas em cache, porém, o processo é mais veloz.

Informações como layouts, logotipos e barras de navegação estão entre as que ficam salvas em cache.

Todos os aplicativos salvam seus próprios dados em cache. (Fonte: Pixabay / Pexels.com)

Afinal, o cache é bom ou ruim?

A função que o cache exerce nos dispositivos é muito positiva. Ele ajuda a reduzir o tempo de acesso a páginas e aplicativos e faz com que a navegação tenha apenas a ganhar.

O cache não oferece riscos de segurança.

Além disso, não há riscos de segurança envolvendo o cache. Nada do que ele grava pode vir a te prejudicar. É apenas um atalho eficiente para melhorar a navegação.

Porém, há um problema: Os arquivos de cache costumam ser bastante grandes e, após um tempo, começam a pesar.

Quando isso acontece, infelizmente, você precisará apagar os arquivos em cache.

Cookies e cache: Qual a diferença?

Outros dados que são sempre salvos em nossos dispositivos durante a navegação são os chamados “cookies”. Afinal, quais as diferenças entre eles e o cache?

A função dos cookies é que exista uma identificação mútua entre o computador e o servidor, por isso, eles são salvos dos dois lados, ao contrário do cache que fica apenas no seu computador.

Por mais que a ideia seja a mesma (agilizar a identificação através de dados já conhecidos), o funcionamento é bem diferente. Cookies são muito menores, guardam apenas texto e podem comprometer a sua privacidade.

Veja uma tabela comparando cookies e cache:

Cookies Cache
Armazenamento Tanto no seu dispositivo, quanto no servidor Apenas no seu dispositivo
Tamanho dos arquivos Muito pequenos Médios
Privacidade Pode comprometer a privacidade Não oferece riscos à privacidade
Problemas causados Baixa privacidade, lentidão no navegador Lentidão no sistema devido ao tamanho dos arquivos

Quando limpar o cache?

Enquanto o cache não estiver cheio, não há motivos para se importar com ele. Há apenas benefícios em tê-lo com bastante arquivos, uma vez que a navegação certamente será mais ágil.

Existem duas situações nas quais você deve limpar o cache:

  • Dispositivo sem espaço de armazenamento: Se não houver mais espaço de armazenamento em seu dispositivo e o cache estiver cheio, liberá-lo pode te dar alguma folga. Porém, note que essa é uma solução temporária, uma vez que algum tempo depois a pasta estará novamente lotada.
  • Lentidão excessiva: Um dispositivo pode estar lento por muitos motivos, mas o pouco espaço em disco é um dos principais. Mais uma vez, a limpeza do cache pode servir como solução temporária.

Como limpar o cache?

Você pode limpar os dados em cache do dispositivo ou do navegador. O primeiro é um procedimento mais completo e abrange todos os aplicativos. Veja como fazê-lo:

Android

  1. Abra “configurações”.
  2. Vá em “armazenamento” e, em seguida, “armazenamento interno”.
  3. A porcentagem de ocupação do dispositivo será exibida. Abaixo, clique em “dados em cache”. Em seguida, escolha “apagar”.
  4. Para apagar apenas de alguns aplicativos, clique em “aplicativos”, selecione-os na lista e clique em “limpar dados em cache”.

Windows

  1. Pressione as teclas “Windows” e “R”.
  2. Digite “cleanmgr.exe”, sem as aspas, e pressione enter.
  3. Escolha o disco “C:” e pressione “ok”.
  4. Acontecerá a varredura de arquivos temporários no sistema. Após o término, clique em “selecionar todos” e em “excluir arquivos”.

No iOS, não há uma opção direta de limpeza de cache. O processo precisa ser feito manualmente em cada aplicativo.

Limpar o cache nos navegadores é mais simples. Ele fica nos dados de navegação, junto aos cookies e histórico.

Resumo

O cache serve para agilizar a navegação na internet e o uso de aplicativos. Ao guardar informações em arquivos de tamanho razoável, ele faz com que o tempo dos acessos posteriores seja menor.

Não existem riscos para a segurança com o cache, ao contrário do que acontece com os cookies, mas o tamanho dos arquivos pode encher o disco e começar a causar lentidão, exatamente o oposto do propósito da ferramenta.

(Fonte da imagem destacada: Andres Ayrton / Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas