Ultima atualização: 22 de abril de 2020

Como escolhemos

12Produtos analisados

17Horas investidas

3Estudos avaliados

60Comentários coletados

Quem está montando um estúdio de gravação ou edição de som, precisa investir em um monitor de áudio de boa qualidade, pois o equipamento serve como referência sonora na hora de gravar ou editar uma track.

O monitor de áudio será sua companhia no estúdio de som por longas horas diárias, então você precisa estar satisfeito com a performance do equipamento. Pensando nisso, preparamos um artigo com todas as informações que você precisa saber para escolher um bom monitor de áudio.

Primeiro, o mais importante

  • Não basta comprar um bom monitor de áudio, é preciso saber posicionar o equipamento corretamente. Isso evitará conflitos ou anulação de frequências sonoras e influenciará na acústica do estúdio de som.
  • Não necessariamente o preço de um monitor de áudio define a qualidade do equipamento. No entanto, recomendamos a compra de um equipamento de uma das marcas consolidada no mercado como Yamaha, Edifier, Behringer, entre outras.
  • O monitor de áudio não serve para ouvir músicas, assistir filmes e séries ou jogar videogames. O monitor de referência é uma ferramenta de trabalho para produtores e engenheiros de som.

Os melhores monitores de áudio: Os favoritos da redação

Com tantas opções de monitores de áudio, é desafiador escolher o equipamento certo. Para ajudá-lo no momento da compra, listamos os melhores monitores de referência de acordo com a opinião de especialistas da área.

Uma releitura de um monitor de áudio clássico

Os monitores de áudio da linha HS da Yamaha são uma releitura dos famosos monitores de referência da Série NS10’s, ambos têm em comum o som mais “duro” que revela tudo o que há de errado em sua gravação. O modelo HS5 é um monitor de referência bi amplificado, possui um woofer de 5 polegadas que reproduz sons médios e graves e um tweeter de 1 polegada que reproduz sons agudos.

Uma opção para home studio avançado

O monitor de áudio R1080T da Edifier possui amplificador integrado, o que elimina a necessidade de comprar um receptor/ amplificador externo. O equipamento permite a conexão de dois dispositivos ao mesmo tempo via Bluetooth, mas também conta com dupla entrada RCA.

A melhor opção para home studio intermediário

Bem avaliado pelos consumidores, o monitor de áudio R1280T da Edifier tem como diferencial o custo benefício. O equipamento possui dupla entrada RCA, woofer de 4 polegadas, potência de 42W RMS, controle de graves, agudos e volume pela lateral do monitor de áudio e por controle remoto. Esse monitor de áudio possui acabamento em madeira.

Guia de Compra

Se você montou uma sala de gravação ou edição de som e está determinado a fazer edições e mixagens de áudio profissionais em seu home studio, você deve adquirir um monitor de áudio.

O produtor ou engenheiro de som depende do monitor de áudio para produzir ou reproduzir gravações sonoras limpas. Saiba mais sobre o equipamento neste Guia de Compra.

Imagem de um produtor de som em um estúdio de gravação.

O monitor de áudio é um equipamento indispensável em um estúdio de gravação. (Fonte: Jacek Sniecikowski/ Unsplash.com)

O que é um monitor de áudio?

O monitor de áudio, também conhecido como monitor de referência, é um dispositivo de áudio que serve como referência sonora para gravação, edição, mixagem, masterização e remasterização de sons.

O equipamento reproduz o áudio sem nenhum tipo de equalização – possui todas as frequências equilibradas – também chamado de áudio flat. Ou seja, o som reproduzido pelo monitor de áudio é fiel ao que foi gravado em estúdio, permitindo modificações.

Na mixagem de uma track, o produtor ou engenheiro de som pode aumentar ou diminuir as frequências sonoras – tais decisões são guiadas pelos ouvidos – até atingir o resultado desejado.

Imagem de uma mulher ouvindo música.

O monitor de áudio garante mixagens de som perfeitas. (Fonte: Tirachard Kumtanom/ Pexels.com)

Quais são as aplicações de um monitor de áudio?

Como mencionamos anteriormente, o monitor de áudio é um equipamento utilizado na edição, mixagem, masterização e remasterização de tracks – sejam músicas, vinhetas, jingles, podcasts, documentários, programas de rádio, entre outros.

O monitor de áudio também pode ser utilizado em estúdios de gravação, pois o equipamento permite a correta afinação e ajustes dos instrumentos e vocais.

Para encontrar o monitor de áudio ideal, é necessário saber qual tipo de som você produzirá. Depois, busque referências musicais nesse estilo e escolha um monitor de áudio semelhante ao equipamento utilizado por outros profissionais daquele segmento.

É importante ressaltar que para produzir sons de qualidade com o monitor de áudio, é preciso equalizar manualmente todos os aspectos do som como agudos, médios, graves, afinação instrumental e vocal, entre outros aspectos.

Conheça todas as vantagens e desvantagens de um monitor de áudio na tabela abaixo:

Vantagens
  • Reproduz som limpo
  • Pode ser utilizado na gravação ou edição de som
  • Tamanhos variados
  • Bastante variedade de modelos e marcas
Desvantagens
  • Preços elevados
  • O monitor de áudio ativo é mais caro do que o passivo

Quem deve investir em um monitor de áudio?

O monitor de áudio é um equipamento indispensável em qualquer estúdio de gravação, edição ou mixagem de som, seja profissional, semiprofissional ou caseiro.

Essa ferramenta de trabalho é usada pode ser usada para editar músicas, documentários em áudio, vinhetas, jingles ou podcasts com qualidade profissional. Portanto, é ideal para produtores e engenheiros de som.

Como posicionar um monitor de áudio corretamente?

Não basta comprar um bom monitor de áudio se você não sabe como posicionar este equipamento corretamente.

Com o equipamento em mãos, estabeleça um triângulo equilátero entre sua cabeça e os monitores esquerdo e direito – cada um deles deve estar apontando para o respectivo ouvido, nem acima, nem abaixo.

Imagem de um homem editando uma gravação.

O monitor de áudio deve ser posicionado da maneira correta em um estúdio de som. (Fonte: Avel Chucklanov/ Unsplash.com)

Qual a diferença entre um monitor de áudio e uma caixa de som?

Geralmente, profissionais em começo de carreira cometem o grande engano de acreditar que uma caixa de som comum desempenha a mesma função de um monitor de áudio.

O monitor de áudio entrega som puro.

O monitor de áudio entrega som puro, pronto para ser mixado. Já a caixa de som possui uma série de ajustes pré-definidos que equalizam a track em diferentes frequências.

Sem contar que o equipamento não apresenta equilíbrio entre sons agudos, médios e graves. Ou seja, utilizar uma caixa de som para escutar a gravação e produzir a mixagem pode comprometer a qualidade do seu trabalho.

logo

logo

logo

Critérios de compra: Encontre o melhor monitor de áudio do momento

Você deve saber que os equipamentos usados na gravação ou edição de som não são baratos, portanto você não pode estar com nenhuma dúvida na hora de escolher um monitor de áudio para seu estúdio ou home studio.

Buscamos opiniões de especialistas para discutir quais características devem ser avaliadas no momento da compra:

Considere esses critérios de compra como um caminho para escolher um monitor de áudio de acordo com o que você precisa ou deseja. Não esqueça de compartilhar este artigo com seus colegas de profissão.

Tamanho do monitor de áudio

É fundamental escolher um monitor de áudio com tamanho compatível com as dimensões do estúdio de gravação ou home studio. Você encontra modelos que medem de 5 a 10 polegadas.

Em home studios ou estúdios pequenos, recomendamos a escolha de um monitor de áudio de 5 a 7 polegadas. Estúdios em tamanho médio pedem um monitor de áudio de 8”. Em estúdios grandes, um monitor de áudio de 10” pode ser necessário.

Escolher um monitor de áudio de tamanho incompatível com as dimensões do estúdio de gravação ou edição de som pode causar distorções no som.

Imagem de um estúdio de som.

O monitor de áudio deve ter tamanho compatível com o estúdio de gravação. (Fonte: DayronV/ Pixabay.com)

Quantidade de vias

A divisão do sinal de uma música no circuito de som do monitor de áudio determina se o equipamento é mono, bi ou tri-amplificado. O termo “via” corresponde a cada alto-falante presente no monitor de áudio. As versões mais comuns são:

  • 2 vias sendo um alto-falante para sons médios e graves e um tweeter para os sons agudos.
  • 3 vias sendo um alto-falante dedicado para sons graves, outro para médios e um tweeter para sons agudos.
  • 4 vias sendo um alto-falante dedicado para sons graves, dois para sons médios e um tweeter para sons agudos.

Embora a maioria das pessoas acreditem que quanto mais vias, melhor, idealmente, comprar um monitor de áudio que contenha uma via dedicada aos sons graves já é o suficiente.

Nesse sentido, recomendamos a compra de um monitor de áudio de três vias. Mas fique atento, é importante comprar um equipamento com bons componentes, caso contrário não importará a quantidade de vias disponíveis.

Imagem de um estúdio de som.

A quantidade de vias de um monitor de áudio garante a distribuição sonora do equipamento. (Fonte: Joe007/ Pixabay.com)

Ativo ou passivo

Outro fator a ser levado em consideração no momento da compra de um monitor de áudio, é se o equipamento é ativo ou passivo. O monitor de áudio ativo possui potência própria, você só precisa ligar o equipamento na tomada, conectar ao par e ligar o cabo de saída da fonte de som.

O monitor de áudio passivo, por sua vez, depende de um amplificador de som para funcionar – o acessório pode acompanhar o equipamento ou ser adquirido separadamente.

foco

Você sabia que o monitor de áudio é vendido em par e, geralmente, uma das caixas é passiva e a outra ativa?

É importante mencionar que não existe qualquer diferença na performance sonora desses equipamentos. Quanto a diferença de preço, um monitor de áudio ativo pode custar entre R$300 e R$400 a mais do que um monitor passivo.

Imagem de um monitor de áudio.

Um monitor de áudio ativo é mais caro. (Fonte: Josh Sorenson/ Pexels.com)

Potência

Você também deve analisar a potência do monitor de áudio – medida em Watts RMS.
Leve em consideração que quanto maior a potência, mais alto é o som do monitor, mas essa característica não está associada à qualidade sonora do equipamento e sim a propagação de som.

Mas fique atento, mesmo que o fabricante indique que o monitor de áudio possui determinada potência, pode haver distorção quando alcançado o volume máximo.

Campo sonoro

Outra especificação que você pode procurar quando for comprar um monitor de áudio se refere à distância que o equipamento deve estar dos seus ouvidos, ou seja, o campo sonoro – curto, médio ou longo:

Campo sonoro Distância adequada do equipamento
Curto 1 a 1,5m de distância
Médio 3m de distância
Longo 2 a 4m de distância

O monitor de áudio de campo sonoro curto quase sempre será sua melhor opção, pois você escutará o som diretamente dos alto-falantes, e não refletido das paredes ou do teto do estúdio.

Caso você tenha um estúdio profissional com tratamento acústico, escolha um monitor de áudio com campo sonoro médio ou longo.

(Fonte da imagem destacada: Marinko Krsmanovic/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Apaixonada por ler e escrever, empenha-se em produzir conteúdo relevante sobre áreas pelas quais tem muito interesse, como tecnologia, qualidade de vida, beleza e lazer.