Imagem mostra uma placa de vídeo em destaque.
Ultima atualização: 30 de abril de 2021

Seja muito bem-vindo! Com o avanço tecnológico dos games e a quantidade cada vez maior de informações gráficas que precisam ser processadas por um computador, é natural que você queira comprar a melhor placa de vídeo disponível dentro do seu orçamento.

As placas de vídeo, responsáveis pelo processamento gráfico dos computadores, são encontradas em várias faixas de preço e têm capacidades variadas. Traremos nas próximas linhas todas as informações que você precisa para fazer a aquisição perfeita!




Primeiro, o mais importante

  • A placa de vídeo é a responsável por converter as informações programadas em imagens. Ela possui seu próprio processador, o GPU, para fazê-lo com eficiência.
  • Há duas marcas de placas de vídeo que dominam o mercado: Nvidia e AMD. Cada uma tem suas próprias características e tecnologias, mas o desempenho é muito próximo.
  • Ao comprar uma placa de vídeo, é indispensável prestar atenção se ela é compatível com a placa-mãe de seu computador.

As melhores placas de vídeo: Nossas recomendações

Conversamos com especialistas em informática e selecionamos placas de vídeo de excepcional qualidade. Para agradar a todos os gostos, também há variações de faixas de preço e de indicações.

Guia de compra: O que você precisa saber sobre placas de vídeo

É normal que você tenha muitas dúvidas sobre como funcionam as placas de vídeo e o que faz de um modelo especial. Não se preocupe: A seguir, traremos as principais respostas!

Imagem mostra um PC gamer completo.

É preciso ter placas de vídeo de qualidade para rodar jogos modernos. (Fonte: FOX / Pexels.com)

Qual é a função de uma placa de vídeo?

Você já deve ter ouvido falar na importância de ter uma excelente placa de vídeo para rodar games modernos e como os exemplares que vêm em PCs e notebooks simples não conseguem oferecer tanto desempenho. Mas, afinal, o que explica tais afirmações?

A função da placa de vídeo é transformar as informações codificadas em imagens e enviá-las ao monitor. Portanto, sem ela não há como ver nada, uma vez que não existe a conversão.

Quanto melhor a placa de vídeo, mais rápida será a decodificação, permitindo que atividades pesadas como jogos ou renderização de vídeos aconteçam. Modelos inferiores não conseguem que a quantidade de informações que tais atividades exigem seja transformada em imagem.

Você sabia que a primeira placa de vídeo com acelerador gráfico foi lançada em 1995? Para quem gostava de jogar no computador na época, foi uma enorme revolução.

Quem precisa de uma placa de vídeo acima da média?

Para a maioria dos usuários de computadores e notebooks, as placas de vídeo originais são suficientes. Atividades simples como assistir a séries ou filmes e usar softwares relacionados ao Windows não pedem por gastos adicionais com o hardware.

Porém, algumas atividades exigem muito das placas de vídeo. Você precisa investir em um modelo de alto nível se faz alguma delas:

  • Games modernos: Os jogos para computador mais modernos são muito avançados visualmente e pedem por placas de vídeo capazes de processar uma enorme quantidade de informações em tempo real.
  • Edição de vídeo: É muito difícil editar vídeo e renderizar com uma placa de vídeo apenas mediana. Computadores usados por editores profissionais ou semi-profissionais precisam de melhorias no hardware. Animações exigem ainda mais.
  • Softwares de engenharia e arquitetura: Os softwares usados por engenheiros e arquitetos para construção de projetos, como o AutoCAD, pedem por placas de vídeo dedicadas, com alta capacidade de processamento.

Vários outras atividades profissionais que envolvem grandes quantidades de informações visuais no computador também exigem placas de vídeo avançadas.

Como entender as especificações de uma placa de vídeo?

O componente mais importante de uma placa de vídeo é o GPU (Unidade de processamento gráfico), uma espécie de processador próprio.

Muitos computadores ou notebooks de preço mais baixo abandonam a placa de vídeo e colocam a GPU diretamente na placa mãe. Com eles, rodar qualquer imagem de maior complexidade será difícil.

A velocidade do processador e a taxa de frames por segundo são especificações fundamentais.

Olhar para a GPU é o primeiro passo para entender a capacidade de uma placa de vídeo. A velocidade do processador, medida em MhZ, é importantíssima. Ela se alia diretamente com a taxa de frames por segundo, característica que precisa ser observada principalmente pelos gamers.

O olho humano consegue reconhecer apenas 24 frames por segundo, mas a taxa de processamento para os games modernos precisa ser muito maior do que isso. Alguns pedem por 60 frames por segundo.

Você pode observar as exigências dos games ou softwares que costuma usar e comparar com as placas de vídeo disponíveis para descobrir qual melhor se enquadra no que é necessário.

Imagem mostra uma placa de vídeo GeForce GTX em destaque.

Placas de vídeo profissionais têm enorme capacidade gráfica, mas são muito caras. (Fonte: KampfHimmel/ Pixabay.com)

GeForce ou Radeon: Qual a melhor linha de placas de vídeo?

O mercado de placas de vídeo é dominado por duas linhas: GeForce, da Nvidia, e Radeon, da AMD. Existe, afinal, uma melhor do que a outra?

A GeForce é uma linha com maior número de modelos e menor intervalo entre especificações técnicas. Portanto, há uma chance maior de você encontrar exatamente o que precisa em um modelo dela.

Nas demais categorias, há uma proximidade muito grande. Placas de especificações similares das duas linhas apresentam desempenhos iguais e faixas de preço muito próximas. A escolha deve acontecer a partir do modelo que mais se aproxima das suas necessidades.

Confira uma tabela comparando as duas linhas:

GeForce Radeon
Quantidade de modelos Muito alta. Há modelos para alto desempenho e para dispositivos móveis Satisfatória. Há modelos para alto desempenho e para dispositivos móveis
Desempenho Dentro do esperado a partir das especificações técnicas Dentro do esperado a partir das especificações técnicas
Preço Equivalente ao desempenho Equivalente ao desempenho
Assistência técnica É satisfatória na maior parte do Brasil É satisfatória na maior parte do Brasil

Critérios de compra: Fatores para a escolha da melhor placa de vídeo

Você já entende a importância da placa de vídeo e conhece as principais marcas. Para acertar na compra, falta apenas entender alguns critérios técnicos. Falaremos sobre eles a seguir:

Núcleos de processamento

Ao escolher um processador para seu computador, é preciso prestar atenção na quantidade de núcleos. O mesmo vale para a GPU da placa de vídeo.

Nvidia e AMD trabalham com tecnologias distintas: Núcleos CUDA, na primeira, Processadores Stream, na segunda. Elas funcionam também com grandes diferenças, uma vez que as placas Geforce possuem uma quantidade de núcleos muito maior.

Ao escolher uma placa de vídeo da Nvidia ou da AMD, compare a quantidade de núcleos com outros modelos da mesma marca para entender se o número é alto, médio ou baixo, e então pense no que é ideal para você.

Imagem mostra duas placas de vídeo em destaque.

Cada marca de placa de vídeo tem suas próprias especificações técnicas. (Fonte: Nana Dua/ Pexels.com)

Clock e overclock

Todo processador funciona com uma frequência que é conhecida como “clock”. O número indica a quantidade de operações que são realizadas por segundo e é medido em Hz.

Overclock pode ser um recurso interessante em placas de nível avançado.

Uma frequência de 1100 MhZ, por exemplo, indica que são realizadas 1.100.000 operações em um segundo. Quanto maior o número, mais capaz de realizar tarefas é a placa.

Algumas placas contam com a função de overclock, ou seja, forçam o funcionamento acima do que seria a capacidade normal por alguns segundos. Pode servir para determinados momentos de games ou de renderização, elevando ainda mais a performance se necessário. É um bom recurso em modelos avançados.

Compatibilidade

Não adianta comprar qualquer placa de vídeo e esperar que será possível instalá-la em seu computador. Existem questões de compatibilidade que precisam ser analisadas.

A placa de vídeo precisa ser compatível com a placa-mãe. Existem vários tipos de encaixes diferentes e você deve conhecer quais são as dos hardwares que serão conectados. Leia as especificações de cada modelo para saber se há compatibilidade.

Saídas

Você costuma ligar seu computador à televisão a partir de cabo HDMI? Usa monitor comum ou do tipo LCD?

Saiba que cada ligação é feita através de um cabo diferente e que é preciso que a placa de vídeo tenha as saídas corretas. Pense em para onde será feita a transmissão da imagem e confira que tipo de conexão é usada. Em seguida, procure saber mais uma vez se há compatibilidade no modelo escolhido.

Resumo

Placas de vídeo são especialmente importantes para quem gosta de jogos modernos ou realiza atividades profissionais que pedem por processamento gráfico pesado. Nesses casos, é necessário fazer um investimento maior no hardware.

As duas principais linhas de placas de vídeo, GeForce e Radeon, são similares em desempenho e preço. Observe os jogos ou softwares que você mais usa e compre o modelo ideal a partir das especificações exigidas.

(Fonte da imagem destacada: nanadua11 / Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas