Ultima atualização: 22 de abril de 2020

Como escolhemos

6Produtos analisados

15Horas investidas

3Estudos avaliados

37Comentários coletados

Quem trabalha com tecnologia sabe que alguns gadgets estão se tornando praticamente indispensáveis. Hoje explicaremos tudo o que você precisa saber sobre o HD externo Toshiba.

Perfeitos para quem precisa de um maior poder de armazenamento no PC ou notebook, eles estão cada vez mais poderosos, seja na capacidade ou na velocidade de transmissão. Confira nosso artigo para mais detalhes.

Primeiro, o mais importante

  • Fique atento para a compatibilidade do seu HD externo, já que existem modelos otimizados para Mac ou Windows.
  • Um dos principais fatores que você deve considerar é a velocidade de transmissão de arquivos, já que isso impacta diretamente no desempenho.
  • Também é importante observar que conexões estão disponíveis no seu HD externo. O mais utilizado ainda é o USB 3.0, mas existem vários outros.

Os melhores HDs externos Toshiba: Nossas indicações

Famosa por seus produtos de qualidade, a Toshiba disponibiliza vários modelos de HD externo. Veja aqui alguns exemplos que separamos. Um deles pode ter sido feito para você.

Uma ótima opção para usar em casa

Pequeno e discreto, esse HD tem capacidade de 1 TB, interface USB 2.0 e 3.0 e já vem formatado e pronto para rodar em Windows 10, 8.1 e 7. Ele também pode ser formatado manualmente com compatibilidade para Mac OS.

Nossa recomendação para o trabalho

Extremamente leve, o Toshiba Canvio tem capacidade de 2 TB de armazenamento com interface USB 3.0 com velocidade de transmissão de 5400 RPM, compatível com PC e notebook, o que o torna ideal para quem procura um modelo para o trabalho.

A indicação da redação para quem procura um HD mais robusto

Essa versão Premium tem capacidade de armazenamento de 3 TB e um dos grandes destaque fica por conta do driver NTFS para Mac, que permite que você alterne entre os sistemas operacionais sem a necessidade de formatação. Ele também conta com recurso de bloqueio por senha, tornando-o muito mais seguro.

Guia de compra

É inevitável, uma hora ou outra você vai chegar ao limite do HD do seu PC ou notebook. Não importa se você é um entusiasta por jogos ou trabalha com imagens, edição e desenvolvimento, os arquivos estão cada vez maiores.

Por isso os HDs externos se tornaram bastante comuns, principalmente nos notebooks, que costumam ser mais limitados. Além disso, eles também são uma ótima forma de manter backups. Veja esses e outros benefícios em nosso guia de compra.

Imagem de mochila com itens de informática e HD externo Toshiba

Um bom HD externo Toshiba é ótimo para quem gosta de viajar, seja a negócios ou a lazer. (Fonte: Fernando Hernandez/ Unsplash.com)

Por que o HD externo Toshiba se destaca no mercado?

A Toshiba é uma marca japonesa bastante conhecida no setor de tecnologia, começando a se destacar na área de eletrônicos com seus televisores e aparelhos VHS.

Não é de se estranhar que eles entraram no ramo dos computadores, com seus produtos seguindo padrões de qualidade rigorosos. E, embora muitos de seus produtos não sejam fabricados no país, é muito fácil encontrar postos de assistência técnica.

Seus HDs externos oferecem segurança, praticidade e tecnologia de ponta, tornando-os extremamente confiáveis. Confira essas e outras vantagens mais a fundo nos próximos tópicos.

Quais as vantagens e desvantagens do HD externo Toshiba?

É fácil entender por que os HDs externos da Toshiba estão entre os favoritos dos clientes, já que eles são pequenos e leves, fáceis de otimizar e são compatíveis tanto com Windows quanto Mac.

A maioria dos modelos conta com interface dupla de conexão, com USB 2.0 e 3.0, com ótimas velocidades de transmissão.

No entanto, eles ainda custam um pouco caro e podem não ser compatíveis com sistemas operacionais mais antigos, então confira as especificações antes de adquirir o seu.

Vantagens
  • Pequenos e leves
  • Fáceis de otimizar
  • Compatíveis com Windows e Mac
  • Interface dupla de conexão
  • Ótima velocidade de transmissão
Desvantagens
  • Eles custam um pouco caro
  • Podem não ser compatíveis com sistemas operacionais antigos

Pode haver problemas de compatibilidade com o HD externo Toshiba?

Infelizmente sim. Principalmente nos sistemas operacionais mais antigos, como citamos logo acima. Isso porque eles são configurados para funcionar principalmente com as versões mais modernas, seja no ambiente Windows ou Mac.

Outro fator é que eles já vêm formatados de fábrica para o padrão Windows, seno necessário realizar uma formatação especial caso você trabalhe com o Mac OS.

E aqui a Toshiba se diferencia, já que alguns de seus modelos já possuem um driver especial para que não seja necessário formatações extras, permitindo que você trabalhe livremente com os dois sistemas operacionais.

Quem utiliza Linux também pode sofrer com alguns problemas de compatibilidade, mas é possível encontrar facilmente os drivers necessários na internet.
Veja abaixo outros produtos que podem ajudá-lo a facilitar sua vida quando se trata de arquivamento e transmissão de dados:

Como proteger meu HD externo Toshiba?

Quando falamos de segurança, estamos lidando tanto do aspecto físico quanto digital.

Como todo aparelho eletrônico, é preciso tomar alguns cuidados, como evitar que ele fique muito perto de fontes de calor, imãs ou em contato com a água.

Também é importante tomar cuidado com quedas, já que isso pode danificar o produto. São praticamente os mesmos cuidados que nos acostumamos a ter com nossos celulares.

E na área digital, não é novidade que os HDs externos também podem ser vítimas de vírus e roubos de informação. É por isso que alguns modelos Toshiba já contam com proteção por senha.

No mais, você deve tomar os mesmos cuidados que tomaria com seu HD interno ou pen drive, que é utilizar regularmente um bom antivírus, evitar baixar arquivos estranhos e conectá-lo a computadores que podem estar infectados.

Tomando esses cuidados simples, seu HD externo tem tudo para durar por bastante tempo.

foco

Você sabia que a Toshiba iniciou seus negócios no Brasil em 1968, fabricando transformadores? Em conjunto com a SEMP, eles também foram responsáveis pela primeira TV a cores produzida no país.

Critérios de compra: O que observar antes de comprar um HD externo Toshiba

Os HDs externos são uma ótima forma de arquivar o que você considera importante, mas que não costuma utilizar a todo momento. E, ao mesmo tempo, ele também é uma grande opção para quem precisa de mais espaço e não quer fazer alterações de hardware.

Mas, antes de adquirir o seu, é preciso estar atento a alguns fatores que mudam de um modelo para o outro. Dê uma olhadinha nos tópicos que separamos para você.

Tamanho e capacidade

Por se tratar de um hardware externo, as características físicas fazem uma grande diferença. Enquanto os HDs externos mais potentes costumam ser maiores e mais robustos, é fácil encontrar opções mais leves e portáteis.

E, em muitos casos, o aspecto físico também é determinado pela capacidade de armazenamento interna. Não é incomum que os HDs com mais capacidade, como aqueles de 3 ou 5 TB sejam um pouco maiores.

O mais importante aqui é encontrar um bom balanço entre os dois fatores e encontrar um HD que se encaixe bem em suas necessidades.

Imagem de HD externo cinza conectado a um notebook

Os HDs externos são uma ótima opção para os notebooks, onde é mais difícil realizar uma atualização de hardware. (Fonte: Jessica Lewis/ Pexels.com)

Conectividade

Embora já seja possível encontrar HDs externos com conectividade Wi-Fi, a grande maioria ainda utiliza cabos. E a taxa de transmissão de arquivos pode ser influenciada por eles.

A Toshiba ainda trabalha com o USB 2.0 e 3.0

Não só isso, mas com novas tecnologias surgindo, os padrões mudam rapidamente. Felizmente, a Toshiba ainda trabalha com o USB 2.0 e 3.0, os mais usados em PCs e notebooks.

E, como dissemos, a Toshiba possui alguns modelos com adaptadores para outros sistemas, como a Apple, que costuma adotar um padrão próprio para seus computadores.

Velocidade de transmissão

Por se tratar de um periférico, a velocidade de transferência também é um fator essencial para um bom funcionamento do HD. Aqui ela é medida em RPM (rotação por minuto).

A maioria dos HDs funciona com um padrão de 5400 rotações por minuto, o que é considerado uma velocidade bastante estável e satisfatória. Tome cuidado com modelos com RPM inferior, pois eles serão mais lentos.

E, se você preza pela velocidade, existem HDs externos com 7200 RPM, o que os torna cerca de 40% mais rápido do que os modelos tradicionais. Para um desempenho ainda melhor, pode ser recomendado um SSD.

Por fim, nos modelos com transmissão Wi-Fi, a velocidade pode depender de fatores como a conexão, e nos modelos tradicionais, vale a pena investir em um bom cabo USB para evitar lentidão.

Imagem do interior de um HD externo

Quanto maior o número de rotações por segundo, maior será a velocidade de transferência de arquivos. Fonte: Pixabay/ Pexels.com)

Segurança

A segurança também é um fator essencial para manter seus dados livres de invasores, principalmente em tempos em que vivemos conectados a internet praticamente o tempo todo.

Então, vale a pena conferir a criptografia utilizada na proteção dos arquivos em seu HD externo, se ele já conta com ferramentas de firewall e antivírus, assim como sistemas de senha para acesso.

Esse é um fator principalmente para quem trabalha com informações sigilosas, mas mesmo para seus arquivo do dia a dia, segurança nunca é demais.

Mesmo que seu HD não venha com sistemas de segurança de fábrica, vale a pena procurar por softwares compatíveis para aumentar sua proteção.

(Fonte da imagem destacada: Sidney De Almeida/ 123RF.com)

Por que você pode confiar em mim?

Redatora entusiasta de gadgets e todos artigos tecnológicos. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.