Ultima atualização: 28 de julho de 2021

Como escolhemos

23Produtos analisados

15Horas investidas

4Estudos avaliados

75Comentários coletados

Alguns a chamam de "alma do blues" e ela tem inspirado centenas de músicos desde os anos 30 por causa de sua grande versatilidade. Estamos falando da gaita, um instrumento de sopro cuja originalidade o levou a todos os cantos do mundo.

Entre os músicos de gaita mais famosos estão Larry Adler, Little Walter, Paul Butterfield, James Cotton e Howard Levy. Também contemporâneos, tais como Antonio Serrano. Todas elas interpretaram as mais belas melodias através da gaita. Você está interessado? Continue lendo.




O mais importante

  • A gaita tem palhetas livres ou individuais para cada nota musical. É encontrado em gêneros como o blues, folk, jazz, clássico, country e rock and roll.
  • Seus diferentes tipos compartilham a mesma estrutura básica, mas cada um tem um método diferente de jogo. Os mais populares são diatônicos e cromáticos, sendo os primeiros mais fáceis de jogar.
  • Seu tamanho varia de acordo com o número de palhetas e células. Este critério, juntamente com o material de fabricação, define a qualidade dos tons produzidos pelo instrumento.

Gaita: nossa recomendação dos melhores produtos

Guia de compra: O que você precisa saber sobre uma gaita

A gaita, apesar de ser um instrumento pequeno, não é menos complexa. Para entender melhor suas capacidades musicais e funcionalidade, preparamos uma série de coisas importantes para saber - dê uma olhada!

hombre tocando armonica

A gaita, apesar de ser um dos instrumentos mais fáceis de tocar, também requer estudo e prática para alcançar um nível ótimo. (Fonte: Melnyk: 104938216 / 123rf.com)

Como funciona a gaita?

Ele é jogado respirando para dentro ou para fora sobre uma ou mais de suas células individuais de cada vez. Da mesma forma, ela usa a palheta como parte de sua operação para produzir notas musicais.

Não é a vibração das palhetas que produz o som, mas a passagem de ar através delas. Ou seja, a pressão causada pelo ar que flui para os buracos das palhetas faz com que elas vibrem livremente. Isto se desenvolve em uma seqüência de cima para baixo, criando som.

Quais são as vantagens e desvantagens da gaita?

Ela tem muitos aspectos a seu favor, devido ao seu design e capacidade. No entanto, ela também tem algumas desvantagens. Vamos ver:

Vantagens
  • Não é necessário ter um amplo conhecimento musical para ser capaz de criar melodias
  • Fácil de transportar, devido ao seu pequeno tamanho
  • Mais barato que outros instrumentos
  • Tem uma variedade de tons, portanto é possível tocar vários gêneros
  • Inalar e exalar constantemente ajuda a fortalecer a atividade pulmonar e melhora a postura corporal
  • É motivador e relaxante.Usar um instrumento também requer controle e coordenação dos movimentos corporais
  • A disciplina é adquirida
Desvantagens
  • Requer limpeza constante e boa higiene oral
  • Cada tipo tem uma tonalidade específica e um método de aprendizado
  • A durabilidade das palhetas é incerta, pois depende de alguns fatores como uso e materiais de fabricação

Quais são as partes da gaita?

As peças básicas são o pente, as palhetas e as placas protetoras, mas elas não são as únicas. Na lista a seguir, vamos explicar algumas delas:

  • Comb: Este é o corpo principal do instrumento. Ele está localizado entre as placas superior (sopro) e inferior (sucção). Ele pode ter um único canal ou vários canais bidirecionais.
  • Reed: Uma mola plana alongada que serve como uma via aérea. Cada palheta produz uma nota musical diferente.
  • Placas protetoras: Cubram os conjuntos de palhetas. Existem dois tipos: design aberto, que são apenas para proteção, e design fechado, que oferecem uma qualidade tonal mais alta.
  • Células ou canais: Estes são orifícios de ar localizados no pente. Eles cabem com a placa inferior e superior das palhetas para entregar os sons corretamente.
  • Válvulas: Estas são tiras finas coladas aos conjuntos de palhetas. Eles são encontrados principalmente em cromáticos e oitavas. Eles são usados para fechar os canais que não são tocados. Assim, eles evitam vazamentos que poderiam distorcer o som.
  • Ranhuras: Estas são formadas paralelamente entre si nas placas inferior e superior. Seu tamanho varia de acordo com os canaviais.

Que tipos de gaitas existem?

As gaitas diferem em som, escala e afinação. Aqui nós lhe mostraremos as variantes mais importantes:

Diatônico ou Blusera Cromático Tremolo Acorde
Células 10 8, 10, 12, 16 10, 12, 14, 16, 20 96
Design Uma fileira de grandes células. Cada grupo de 4 células é considerado uma unidade que produz dois sons: um ao soprar e outro ao chupar. Corpo pequeno. Permite notas simples e efeitos acústicos 4 palhetas, 2 para notas naturais e 2 para notas alteradas. Ele usa uma barra deslizante ativada por um botão (slide) no seu lado direito para redirecionar o ar. Geralmente maior que bluseras Tem 2 fileiras de células com duas palhetas no furo superior e duas no furo inferior, produzindo a mesma nota ao soprar ou aspirar. É pequeno Cada célula tem 2 palhetas para cada nota. Em cada um deles, um acorde diferente soa ao soprar e chupar. Eles são maiores.
Características Eles são destinados a serem tocados em um único tom. Seleção precisa de notas para uma determinada chave, sem afiações e sem planos. É mais barato e mais fácil de manusear Permite jogar em qualquer chave, com apartamentos e cortantes. É mais caro que as bluseras Elas são diatônicas. As duas notas tocadas ao mesmo tempo têm uma pequena diferença na altura, o que dá uma vibração única. É menos versátil Tem até 48 acordes: 12 maiores, 12 menores, 12 dominantes sétimo, 6 diminuídos e 6 aumentados. Eles são mais complexos e caros.
Género Blues, rock and roll, country, folk, pop e bluegrass Qualquer estilo como celta, clássico, jazz, pop, tango ou blues Rock e pop do leste asiático, folk e música celta Música orquestral

Outros tipos

  • Octave: Este é um modelo diatônico que tem de 14 a 24 pares de células. É freqüentemente confundido com o tremolo, porque também tem palhetas duplas. A diferença é que, neste caso, as palhetas que soam ao mesmo tempo não produzem a mesma nota. Pelo contrário, eles são apenas uma oitava à parte.
  • Baixo: Eles têm apenas canas para soprar. Eles são usados para acompanhar bandas de gaitas com baixos. Eles têm duas escalas cromáticas e cobrem três oitavas. Junto com as canas de acorde, elas estão entre as mais pesadas e mais caras que existem.
  • Exagero: Eles são blues, mas com um sistema para facilitar a técnica de overbend.
  • Trompa: É um tipo de orquestra mais utilizado na Ásia Oriental. Eles são jogados apenas por sopro. Eles são grandes instrumentos cromáticos. Eles consistem de um pente com conjuntos de palhetas na parte superior e inferior.
  • ChengGong: Possui 24 células, cobrindo uma gama de 3 oitavas diatônicas. Ao contrário dos modelos convencionais, o sopro e a sucção produzem as mesmas notas. Isto porque sua afinação é mais parecida com a de tremolos. Seu bocal de 11 buracos pode ser deslizado ao longo da frente.

Como afinar a gaita?

Com o tempo, as gaitas ficam desafinadas. Isto se deve ao fato de que as palhetas se dobram progressivamente, até perderem sua flexibilidade. Este é o momento de substituí-las. Mas, antes que este último aconteça, há alguns métodos que podem ajudá-lo a repará-las.

Quando for hora de afiná-los, certifique-se de limpá-los completamente de qualquer sujeira e sujeira. Então você pode começar o processo. O ajuste envolve basicamente a mudança do comprimento de uma palheta.

O método mais comum é arquivar a extremidade livre (para levantar o passo) ou arquivar a base (para baixar o passo). Para este procedimento, um afinador cromático, uma lima plana e uma lâmina fina serão suficientes. Esta última servirá como suporte para que a palheta não se quebre sob fricção.

Por outro lado, às vezes, a desvalorização é causada por uma curva na ponta da palheta. Nesta situação, tente endireitá-la suavemente para evitar quebrá-la. No entanto, é melhor deixá-lo nas mãos de um profissional.

armonica en estuche

Lembre-se que a língua deve manter seu comprimento, portanto, ao arquivá-la, não toque na ponta. (Fonte: Savina: 83996850/ 123rf.com)

Quais são as técnicas para tocar a gaita?

Existem várias técnicas para tocar a gaitas. Algumas delas são baseadas na habilidade interpretativa. Outros são baseados no dinamismo tonal. Isto dependerá do estilo musical e do músico. As mais populares são:

  • Acordes: Estes são ideais para iniciantes. Eles envolvem tocar várias notas ao mesmo tempo, soprando ou chupando dois ou mais buracos juntos.
  • Dobramento: Ele consiste em "dobrar" a nota movendo a língua e a garganta como quando você boceja. Isto cria um som mais melancólico. Com esta técnica, os tocadores de gaita podem forçar as palhetas. Isto é para que eles modifiquem a nota original em até um tom e meio.
  • Trill: Isto envolve mover o instrumento rapidamente de um lado para o outro (não a cabeça). Desta forma, células adjacentes soam suas notas em rápida sucessão. Geralmente, isto é feito nas células 4 e 5.
  • Bloqueio de língua: Isto é usado para soar duas notas separadas uma da outra. A técnica requer que os lábios cubram mais buracos de cada vez. A língua repousa sobre o embouchure, bloqueando as células centrais. Ao mesmo tempo, ele deixa os de cada ponta livres.
  • Overblowing: Esta é uma técnica para levantar as notas. É como dobrar, mas ao contrário.
  • Pucker: Este é um tipo de embocadura. Você pode usá-lo para alcançar notas individuais em uma gaita. Consiste em enfiar seus lábios sobre o buraco que você quer soprar ou sugar. Desta forma, nenhum outro buraco pode ser jogado.
  • Vibrato ou tremolo: Isto pode ser feito com as mãos, língua e garganta enquanto se sopra ou se snifa. Esta é uma maneira de variar o passo, ajustando o fluxo de ar.

Qual é o tempo de vida útil da gaita?

Ele tem um design com um sistema de ajuste fixo. Entretanto, como mencionado acima, as palhetas são as primeiras peças a se desgastarem. Isto é normal, considerando que, dependendo do nível de uso, as palhetas podem ficar estressadas.

Além disso, o próprio processo de recuperação da palheta faz com que o instrumento continue a se desgastar. Esta é uma das razões pelas quais eles têm uma vida curta. Entretanto, se você quiser prolongá-la um pouco mais, uma boa manutenção após o uso é a chave.

hombre tocando armonica

Não é aconselhável imergir gaitas em água ou outros líquidos por um longo tempo. Isto é especialmente prejudicial para gaitas com pentes de madeira (Fonte: Oskanov: 107259996/ 123rf.com)

Como limpar a gaita?

Em geral, eles exigem uma limpeza simples nas partes que têm mais contato com a boca. Isto é feito com a ajuda de um pano úmido com água à temperatura ambiente. Entretanto, a cada trimestre você deve realizar uma manutenção completa.

Para fazer isso, você deve desmontá-lo completamente e limpar cada uma das partes com água e uma escova. Você também pode usar um cotonete ou um tecido muito macio. Isto removerá todos os traços de saliva, poeira ou outros resíduos. Então seque-a muito bem.

Há também uma série de coisas para se ter em mente:

  • Não troque gaitas com outras pessoas.
  • Mantenha-os em sua caixa ou guarde-os em um local seco e limpo, longe da umidade.
  • Não use enquanto estiver comendo alimentos.
  • Evite jogar em um volume muito alto ou expô-lo a mudanças bruscas de temperatura.
  • Toda vez que você terminar de praticar, aperte-o contra a palma da sua mão. As células devem estar voltadas para baixo para remover os resíduos de saliva.
  • Evite exercer muita pressão ao limpar as placas de palhetas.
  • Ao limpar, vire a boquilha para baixo.
  • A corrediça cromática precisa de lubrificação para uma operação adequada. Use o óleo apropriado à base de silicone.
  • Embora algumas marcas tenham seus próprios produtos, é aconselhável usar apenas água, sem nenhum produto químico.

Critérios de compra

Com tantos modelos é difícil saber qual é a melhor gaita para as suas exigências. Portanto, nós trazemos alguns critérios-chave para que você possa fazer uma boa compra. Desta forma, você irá obter o máximo das capacidades musicais deste instrumento.

Chave

As gaitas devem ser escolhidas de acordo com o tipo de melodia que você quer tocar. Depende também da riqueza de som que você quer dar à melodia. Entretanto, tenha em mente que o tom musical depende do tamanho da palheta.

Para a nomenclatura do tom, é usado o sistema de notação musical inglês (C, Db, D, E, Eb, F, G, Gb, A, Ab, Bb). Isto está inscrito no lado esquerdo do pente. Ao escolher, olhe para esta parte do modelo.

Os mais longos têm um som baixo e profundo. Os mais curtos, mais rígidos, por outro lado, têm um som agudo.

Nível de experiência

Este aspecto é importante. Se você está começando na música, você deve primeiro considerar todos os fatores que podem influenciar seu processo de aprendizagem. Por exemplo, tempo, método e interesse. O próximo passo é investir em um modelo pequeno com 10 células na chave do C. Isto é começar a tocar melodias simples sem muito esforço.

Se, por outro lado, você é um especialista ou amador, nós recomendamos investir em um produto de alta qualidade. Isto porque, ao ter um melhor domínio do instrumento, você pode tirar proveito de modelos mais complexos para tocar melodias únicas. Por exemplo: cromáticos com 12 e 16 células ou palhetas duplas.

Material

Os materiais de fabricação influenciam a durabilidade e a reprodução do som. Por exemplo, pentes feitos de madeira são mais resistentes e dão um som orgânico. Aqueles feitos de metal ou plástico (ABS), por outro lado, permitem que o modelo faça pleno uso do fluxo de ar. Desta forma, ele produz tons claros e brilhantes.

Considerando o acima exposto, a escolha é pessoal, pois cada tipo de material tem suas vantagens. Só não se esqueça de colocar a qualidade sonora e a vida útil do instrumento em primeiro lugar.

armonica

A liberdade de movimento das palhetas é uma das qualidades únicas da gaita. (Fonte: bbtreesubmission: 80672043/ 123rf.com)

Gênero musical

Você pode tocar muitos gêneros diferentes de música neste instrumento. Embora existam certos tipos de gaitas que são mais adequados a estilos específicos.

Se você gosta mais de blues, jazz e country, você deve escolher um modelo com uma escala diatônica. Por outro lado, se você preferir tocar música folclórica, celta ou asiática, os cromáticos são preferidos pelos músicos.

Sumário

Em conclusão, a gaita é um instrumento de sopro com um grande número de variantes. Portanto, o processo de aprendizado para cada tipo é diferente. Desde as crianças mais novas até os amadores adultos podem desfrutar das melhores composições sobre a gaita.

Começar não é complicado, e nem cuidar disso. No entanto, isso requer entusiasmo e muita disciplina. Além disso, você deve considerar a chave, o material e o estilo musical a ser tocado para escolher o melhor. O que você está esperando para experimentá-lo?

Se você gostou do nosso conteúdo, nós o convidamos a compartilhá-lo em redes sociais. Obrigado pela leitura e não hesite em nos deixar seus comentários.

(Fonte da imagem em destaque: Jhusemannde: 641425_1920/ unsplash.com)

Resenhas