Imagem mostra um celular com uma mensagem de "carregando" na tela.
Ultima atualização: 22 de abril de 2021

Seja muito bem-vindo! Se você procura saber como melhorar o sinal do WiFi de sua residência ou local de trabalho, fique conosco e leia atentamente as próximas linhas! Apresentaremos a você várias possíveis soluções.

É normal nos irritarmos quando contratamos um plano de internet e percebemos que a velocidade de conexão dos nossos dispositivos é muito abaixo do esperado ou que não há sinal em certos pontos da casa, mas saiba que existe como resolver o problema sem se estressar!




Primeiro, o mais importante

  • Pode ser que você consiga resolver os problemas de sinal do WiFi apenas com configurações e mudança do local do roteador, sem precisar abrir a carteira.
  • É praticamente indispensável ter um roteador dual band nos tempos atuais. A possibilidade de alternar entre 2,4 e 5 G, ou até tê-las simultaneamente, reduz os problemas com a internet.
  • Em locais muito grandes, é normal que o WiFi tenha dificuldade de ser eficiente em toda a área. Você pode comprar alguns acessórios como repetidores ou antenas para atenuar a situação.

O que você precisa saber sobre melhorar o sinal do WiFi

Do reposicionamento dos aparelhos às reconfigurações, há várias soluções que podem te ajudar a melhorar o sinal do WiFi. Após testar todas as que listamos, você provavelmente estará feliz com a sua internet!

Imagem mostra um homem segurando um smartphone.

Um bom sinal WiFi torna nossas vidas mais fáceis. (Fonte: Ksenia Chernaya/ Pexels.com)

Barreiras podem impedir a passagem do sinal

Antes de comprar ou trocar aparelhos, saiba que a causa do problema pode ser muito mais simples do que se pensa.

Vidros e espelhos podem prejudicar muito o sinal WiFi.

Se o lugar que você usa a internet é muito distante do modem ou roteador, se há portas e janelas no caminho ou se existem muitos objetos de vidro ou espelhos entre aparelhos, é possível que tais barreiras causem o sinal ruim.

Aparelhos com conexão bluetooth, telefones sem fio e micro-ondas também prejudicam o sinal com a chamada “atenuação”.

Para testar, é simples: Tente usar a internet o mais próximo possível do ponto de acesso. Se funcionar bem, as barreiras podem ser a causa do problema.

Caso seja constatada a interferência das barreiras, você pode passar sempre a usar a internet perto do ponto de acesso ou tentar fazer algumas alterações ou no espaço físico, ou na configuração da rede.

A frequência do sinal importa

A maior parte dos roteadores modernos no mercado é Dual Band, ou seja, trabalha com as bandas 2,4 GHz e 5 GHz. Se o seu ainda não segue tal tecnologia, recomendamos que você faça a substituição rapidamente.

Ao contrário do que muitos pensam, esse número não se relaciona com potência, mas sim com frequência de onda. Imagine duas emissoras de rádio disputando a mesma frequência e pense em toda a interferência que aconteceria.

Bandas 2,4 Ghz e 5 Ghz têm características diferentes e não são indicadas para as mesmas situações. Você pode, porém, usar um aplicativo como o WiFi Analyzer para observar qual está menos congestionada em sua residência ou local de trabalho.

Veja uma tabela comparativa que preparamos:

2,4 Ghz 5 Ghz
Vantagens Alcance mais longo, consegue atravessar barreiras com mais facilidade Velocidade superior, menos chance de sofrer interferências
Desvantagens Menor velocidade, maior possibilidade de sofrer interferência de outras redes Não possui grande alcance e não ultrapassa barreiras com facilidade
Quando usar Quando há muita distância ou barreiras entre roteador e dispositivos Sempre que o dispositivo ficar perto do roteador

Configurações erradas: Um grande problema

Se o problema do sinal não está na quantidade de barreiras ou na interferência de outras redes, há mais uma possível solução que não pesa no seu bolso: Refazer as configurações.

Muitas vezes, erramos nas configurações ao instalarmos um novo roteador. Podemos deixar a rede aberta para uso de terceiros ou não escolher as portas corretas.

Uma ideia é mudar o sistema de criptografia, tornando mais complicado o uso da rede por terceiros. Por incrível que pareça, o “roubo de sinal” é uma das causas mais comuns de internet lenta.

Siga um bom tutorial de configuração de roteador e verifique se há mudanças na qualidade do sinal!

Imagem mostra um notebook em cima de um toco de árvore.

É difícil fazer o sinal do WiFi ser bom em lugares distantes. Fonte: (Goumbik/ Pixabay.com)

Acessórios de alto nível podem ajudar

Você reconfigurou a rede e mesmo assim não obteve sucesso na melhoria do sinal do WiFi? Então é hora de recorrer a alguns acessórios que ajudam na redistribuição.

  • Repetidores WiFi: Podem ser instalados pelo local caso ele seja muito grande, tenha vários andares, paredes grossas e móveis de vidro. Essa é uma forma de fazer com que o sinal chegue mais longe e ultrapasse barreiras complicadas.
  • Antena WiFi: Deve ser conectada aos dispositivos que precisam receber o sinal WiFi com mais força. Funciona como uma espécie de ímã que atrai as ondas que estiverem na proximidade, porém, não faz diferença se o local for um ponto cego.
  • Adaptador PLC: Usa a rede elétrica para levar o sinal WiFi a lugares distantes em uma mesma edificação. Há bastante perda de velocidade, mas o alcance é satisfatório.

É preciso saber que o sinal WiFi não será ideal em cômodos distantes do roteador em casas muito grandes. Os acessórios, se não tornam a internet perfeita, ao menos a ajudam a ter melhor rendimento.

Resumo

Configurações erradas, excesso de barreiras, longa distância entre roteador e aparelhos e equipamentos defasados são algumas das causas de sinal WiFi ruim. É possível fazer várias tentativas até encontrar e solucionar o problema.

Saiba, porém, que redes WiFi têm alcance limitado e, dependendo da situação, você conseguirá apenas atenuar a falta de sinal. Equipamentos como repetidores podem ser muito importantes quando não houver mais soluções possíveis com configurações ou reposicionamentos.

(Fonte da imagem destacada: Castorly Stock/ Pexels.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas