Ultima atualização: 23 de abril de 2020

Como escolhemos

16Produtos analisados

18Horas investidas

4Estudos avaliados

65Comentários coletados

Seja muito bem-vindo. Hoje vamos falar sobre o celular 32GB e explicar um pouco sobre qual o papel da memória interna, com dicas e informações que ajudarão em sua escolha.

Se você tem o hábito de atualizar os aplicativos em seu celular, já deve ter notado que eles estão cada vez maiores. Por isso, a memória é o um fator que deve pesar em sua decisão. Veja mais detalhes em nossa análise completa.

Primeiro, o mais importante

  • É importante não confundir o armazenamento interno com memória RAM, que é responsável pela velocidade em que os aplicativos serão rodados.
  • Muitos celulares e sistemas operacionais não permitem que você armazene aplicativos em cartões de memória.
  • Procure por aplicativos confiáveis de otimização de memória interna para apagar arquivos temporários ou de cache e liberar mais espaço quando necessário.

Os melhores celulares 32GB: Nossas recomendações

O espaço interno é vital não só para rodar os aplicativos que utilizamos todos os dias, mas também para fotos, arquivos de áudio, vídeo e backups de sistema. Veja aqui alguns modelos 32GB que separamos para você.

Uma boa opção para quem gosta de tirar fotos

Com uma ficha técnica interessante, esse modelo da Xiaomi possui 3GB de memória RAM, um processador Qualcomm Snapdragon 439 e câmera de 13 MP. Tudo isso rodando em um sistema operacional Android 9.0 Pie.

Nossa indicação para quem não abre mão de um Galaxy

A Samsung se destaca no mercado de celulares, então não é de se estranhar a base de fãs fiéis que eles conquistaram ao longo dos anos. Isso se justifica nesse Galaxy A10, que tira fotos incríveis (com 5MP na câmera frontal e 12MP na câmera traseira) e tela com melhor visualização. O design simples e colorido também é um dos destaques deste modelo.

O celular para quem procura um ótimo custo/benefício

Além da memória interna, o grande destaque aqui fica por conta de uma bateria de longa duração de 4.000 mAh. Ele também conta com câmera traseira de 13 MP e frontal de 8 MP, utilizando sistema operacional Android 8.0

Guia de compra

Os celulares são itens praticamente indispensáveis em nossas vidas, mas vamos combinar, eles não são exatamente baratos. É por isso que vale a pena escolher um que dure por bastante tempo.

A memória interna é um desses fatores que deve ser levado em consideração. Confira nosso guia de compras com mais informações e como aproveitar seu celular ao máximo.

Imagem de mulheres tirando selfie com um celular

Com uma boa memória interna você pode salvar os melhores momentos de sua vida com apenas alguns cliques. (Fonte: wilkernet/ Pixabay.com)

Qual a importância da memória interna em um celular?

A memória interna é responsável por toda informação utilizada no celular, que vai desde seu sistema operacional e aplicativos até o armazenamento de fotos, arquivos de áudio, vídeo e backups de segurança.

E, infelizmente, muitos sistemas operacionais e marcas não permitem a utilização plena de cartões de memória, limitando-o a memória interna, já que esse é um fator que impacta diretamente no preço do produto.

Em muitos caso, é possível apenas armazenar fotos e arquivos menores, enquanto aplicações mais pesadas continuam fazendo uso memória interna.
Levando isso em consideração, esse é um dos principais fatores que você deve considerar quando estiver escolhendo seu celular.

A memória interfere na velocidade do meu celular?

Sim, mas aqui é preciso considerar outros fatores, como a velocidade do processador e a memória RAM, a principal responsável pela velocidade em que as aplicações do celular são executadas.

No caso da memória interna, quanto mais cheia ela estiver, mais o celular demora para encontrar as informações necessárias, o que pode causar um pouco de lentidão.

O recomendado aqui é que você limpe periodicamente o celular, apagando fotos e arquivos que não são mais relevantes. Faça o teste e note como ele vai voltar a ficar mais rápido.

Imagem de pessoa utilizando o Twitter no celular

Muitos programas de mensagem fazem backups de conversas que acabam comprometendo a memória interna. (Fonte: Free-Photos/ Pixabay.com)

Quais as vantagens e desvantagens do celular de 32GB?

A maior vantagem dos celulares de 32GB é que eles estão entre os mais baratos do mercado. Muitos são compatíveis com cartões de memória e existem modelos com excelentes opções de câmera.

No entanto, 32GB já é considerado pouco para os padrões atuais, com aplicativos em constante evolução. Isso também os torna pouco recomendados para jogos, especialmente os mais robustos.

Vantagens
  • Eles estão entre os mais baratos do mercado
  • Muitos são compatíveis com cartões de memória
  • Excelentes opções de câmeras
Desvantagens
  • 32 GB é considerado pouco para os padrões atuais
  • Não é recomendado para jogos

Quais aplicativos ocupam mais memória no celular?

Com a popularização dos smartphones, é possível encontrar uma imensa variedade de aplicativos dispostos a consumir a memória interna do seu celular.

Dentre os que mais consomes, podemos listar aplicativos de edição de imagem e vídeo. Até mesmo os aplicativos de mensagens e mídias sociais, que antes eram menores, agora requerem cada vez mais espaço.

Mas, os grandes vilões aqui são os jogos, principalmente os mais elaborados. Com celulares cada vez mais potentes, o mercado de jogos tem investido cada vez em gráficos mais potentes.

É claro que isso tem seu preço, com alguns jogos chegando a ocupar gigas de memória. E, como eles precisam ser atualizados com regularidade, pode ser difícil acompanhar o ritmo.

Imagem de pessoa segurando celular com destaque para os aplicativos

Não há nada pior do que ter que apagar aplicativos você ama quando seu celular não suporta mais as atualizações. (Fonte: JESHOOTS-com/ Pixabay.com)

Quantas fotos, vídeos e músicas cabem em um celular de 32GB?

Depende muito do tamanho de cada arquivo, mas podemos fazer alguns cálculos. No caso dos vídeos, por exemplo, em qualidade HD, é possível armazenar cerca de 2 horas e 30 minutos. E esse número pode subir para 8 horas em formatos digitais mais simples.

No caso do áudio, isso depende muito do formato, mas é seguro dizer que você pode ter uma biblioteca com mais de 100 músicas, e hoje o espaço é mais otimizado, com serviços de streaming como o Spotfy ou Deezer.

As fotos são as que menos ocupam espaço. Com uma câmera de 12 ou 13 MP, você pode armazenar cerca de 8 mil fotos sem problemas.

foco

Você sabia que o tamanho das fotos pode variar muito de acordo com sua definição? Isso é influenciado diretamente pela qualidade de sua câmera.

É possível ampliar a memória do celular?

Sim, em muitos modelos é possível expandi-la com a ajuda de um cartão de memória.

Infelizmente, como dissemos anteriormente, não é tudo que pode ser arquivado neles, mas já uma grande ajuda para aliviar a memória interna do celular, permitindo que ele processe as informações mais rapidamente.

Em suas pesquisas você já deve ter se deparado com informações como: “Suporta cartões de memória de 32 GB”. Nesses casos, não adianta insistir em colocar cartões com memória superior a suportada pelo celular.

Imagem de cartão de memória ao lado de celular

É muito fácil instalar um cartão de memória em seu celular. (Fonte: tomekwalecki/ Pixabay.com)

Critérios de compra: O que analisar antes de comprar um celular 32GB

Como você pôde acompanhar ao longo de nosso artigo, existem vários fatores ao se considerar ao escolher um celular de 32GB, e o que chama mais atenção certamente é o custo/benefício.

Mas, antes de fazer sua escolha, existem mais algumas especificações técnicas que podem fazer toda a diferença entre um modelo 32GB e outro. Confira os tópicos que separamos para sua análise.

Marca

Se há uma certeza no mercado de celular é que muitas marcas ainda vão surgir, e que outras vão acabar desaparecendo com o tempo.

E, não se engane, a marca tem um enorme potencial de fidelizar seus usuários, seja pelo preço mais atrativo ou por especificações técnicas que superam a deu seus concorrentes.

Por isso, vale a pena gastar um tempinho pesquisando a história das marcas, reviews de usuários e se principalmente se há garantias e boa assistência técnica perto de você.

Veja abaixo algumas sugestões de marcas que separamos para você e que oferecem excelentes opções de celulares 32GB.

Dimensões

Outro fator crucial ao escolher um celular são suas dimensões. E não estamos falando apenas do tamanho da tela, que é um dos principais atrativos para os usuários.

Hoje temos celulares cada vez mais finos e leves.

As marcas se esforçam nesse quesito, tanto que hoje temos celulares cada vez mais finos e leves, com telas cada vez maiores.

Isso é possível eliminando bordas e botões físicos, utilizando ao máximo o espaço disponível para oferecer uma interface mais agradável ao usuário.

E, é claro, esses são fatores que influenciam não só na comodidade e experiência de utilização, mas também no preço.

Então, o importante aqui é procurar qual modelo se encaixa mais em suas necessidades diárias. Para jogos, por exemplo, uma tela maior faz toda a diferença.

Mas, se você utiliza o celular apenas para ligações, ouvir música e conversar através de mensagens, uma tela menor pode desempenhar muito bem seu papel sem pesar muito no seu bolso.

Sistema operacional

Não são apenas as marcas que cativam um público fiel. Podemos dizer o mesmo sobre os sistemas operacionais, que trata-se do software responsável por sua interação com as aplicações do celular.

Dentre os principais, temos o Android da Google e o iOS da Apple. A Microsoft também entrou nessa briga com sua versão mobile do Windows, com uma interface que acabou sendo incorporada no Windows 10.

A Huawei, que tem chamado cada vez mais a atenção do público brasileiro, também optou por lançar seu próprio sistema operacional, o Harmony.

Cada um desses sistemas oferece seus prós e contras, com otimizações específicas para cada tipo de usuário. Se possível, faça um teste antes de realizar a compra e opte por aquele com qual você se familiarizar mais facilmente.

Imagem de celular Android e celular iOS

Muitas pessoas defendem seu sistema operacional favorito com unhas e dentes! (Fonte: Fauno/ Pixabay.com)

Câmera

Por último, um dos maiores atrativos de qualquer celular são suas câmeras. E sim, utilizamos o plural porque é cada vez mais comum que os fabricantes utilizem várias delas.

As câmeras frontais, por exemplo, costumam ser bem mais limitadas, designadas mais para as famosas selfies ou ligações de vídeo. A potência realmente fica por conta da principal, na parte traseira do aparelho.

É natural pensar que quanto maior a quantidade de MP (Megapixel), maior será a resolução das fotos. Em grande parte, sim, isso é verdade. Mas existem outros fatores, como a qualidade das lentes, poder de zoom e de flash.

Nos celulares de 32 GB, a qualidade das câmeras pode variar muito entre modelos e marcas, mas o mais comum é que eles possuam 13 MP, o que é suficiente para belíssimas fotos.

(Fonte da imagem destacada: JESHOOTS-com/ Pixabay.com)

Por que você pode confiar em mim?