Imagem mostra uma pessoa usando uma caneta 3D para um trabalho artesanal.
Ultima atualização: 24 de maio de 2021

Como escolhemos

11Produtos analisados

27Horas investidas

6Estudos avaliados

85Comentários coletados

Seja muito bem-vindo! Se você está interessado em comprar uma caneta 3D, fique conosco! Nas próximas linhas desse artigo, falaremos tudo sobre essa moderna tecnologia que pode ser usada desde como brinquedo para crianças até em situações profissionais muito especializadas.

Canetas 3D permitem mais praticidade e precisão do que impressoras 3D na criação de objetos, modelagens, entre outros. Elas estão em franco crescimento no mercado e você pode se tornar um especialista!




Primeiro, o mais importante

  • Assim como impressoras 3D, canetas 3D servem para a geração de objetos tridimensionais, mas são muito mais práticas e fáceis de usar.
  • É recomendado usar canetas 3D para construir objetos pequenos do zero, consertar utensílios variados e retocar o que for preciso em impressões 3D.
  • Até mesmo as crianças podem se divertir bastante com canetas 3D. Existem modelos no mercado que são recomendados para quem tem a partir de 8 anos.

As melhores canetas 3D: Nossas recomendações

Agradando a todos os gostos e nichos, selecionamos algumas das melhores canetas 3D disponíveis no mercado. Há desde opções para crianças até modelos profissionais.

Guia de compra: Tudo o que você precisa saber sobre caneta 3D

Como a caneta 3D é uma tecnologia recente, é normal que você tenha muitas dúvidas sobre ela. Mas não se preocupe: Nosso guia de compra traz as principais respostas!

Imagem mostra duas crianças brincando com uma caneta 3D.

Canetas 3D são excelentes para crianças. (Fonte: Victoria_Borodinova/ Pixabay.com)

O que é e para que serve uma caneta 3D?

Uma caneta 3D usa os mesmos materiais que uma impressora 3D (filamentos) para construir objetos tridimensionais. O usuário pode usá-la para desenhar projetos do zero ou para realizar retoques em impressões que não ficaram totalmente perfeitas.

O uso da caneta 3D é bastante simples e não pede por software de modelagem, conexão com o computador ou nenhuma outra ferramenta de auxílio. Basta esquentar os filamentos e movimentar o instrumento como se estivesse fazendo um desenho comum, em 2D.

Portanto, a caneta 3D é uma ferramenta que permite a construção de objetos em 3D de maneira manual, mais “livre” do que a impressora 3D.

Você sabia que a caneta 3D é uma invenção muito recente, surgida na década de 2010, e que só se tornou realidade através de um crowdfunding, financiamento coletivo de projetos na internet?

Para quem é uma boa ideia ter uma caneta 3D?

Ter uma caneta 3D pode ser muito útil para diversos profissionais e artistas e até ter um aspecto lúdico para crianças. Confira os grupos que mais se beneficiam com ela:

  • Crianças: Há canetas 3D indicadas para crianças acima de 8 anos e os modelos comuns podem ser usados a partir de 12 anos. Criar objetos com a técnica pode ser muito divertido!
  • Artesãos e fabricantes de peças pequenas: O uso das canetas 3D tem se popularizado bastante entre quem faz jóias, brinquedos, objetos de decoração e outras peças de pequeno porte.
  • Especialistas em impressões 3D: Quando falamos em objetos 3D de grande porte, as impressoras ainda são o método mais recomendado. Porém, muitas vezes há imperfeições e as canetas 3D são ótimas para corrigi-las!
  • Consertos de objetos domésticos: Vários objetos domésticos que se quebram podem ser consertados com uma caneta 3D. Por ter funcionamento similar ao de uma pistola de cola quente, ela é muito útil.

Quais as vantagens de usar uma caneta 3D?

Afinal, vale a pena ter uma caneta 3D para realizar os seus projetos de construção de objetos tridimensionais?

Tudo depende. A caneta 3D tem mais praticidade em alguns aspectos, como não precisar ser ligada a um computador nem exigir modelagem prévia em um software. Basta pegá-la e começar a sua criação. Por outro lado, ela exigirá de você grande destreza e habilidade manual.

É possível realizar lindos trabalhos com a caneta 3D, mas eles são principalmente de porte pequeno. Para construir objetos maiores, a impressora ainda é a melhor opção.

O acessório pode divertir as crianças, mas é preciso prestar atenção no desperdício de filamentos: Uma impressora aproveita praticamente tudo para construir objetos, enquanto pode haver muita tentatativa e erro com a caneta 3D.

Veja em uma tabela as vantagens e desvantagens das canetas 3D:

Vantagens
  • São mais práticas que impressoras 3D
  • Permitem a realização de ótimos trabalhos
  • São excelentes para objetos pequenos
  • Podem servir como método de conserto
  • Ajudam a divertir as crianças
  • São muito mais baratas que impressoras 3D
Desvantagens
  • Requerem habilidade manual
  • Pode haver desperdício de filamentos
  • Não servem para objetos grandes

Como funciona uma caneta 3D?

Uma caneta 3D usa filamentos de plásticos ou outros materiais. Ela os puxa para uma câmara quente interna e os derrete para transformá-los em uma espécie de “tinta 3D”. É uma forma de trabalho similar à das impressoras 3D.

Canetas 3D usam filamentos plásticos que se transformam nos desenhos tridimensionais.

Há botões na caneta 3D que devem ser pressionados para liberar os filamentos e, assim, formar os desenhos tridimensionais. O material se torna sólido ao entrar em contato com o ar e estrutura as formas desejadas. Você controla a temperatura e a velocidade do trabalho.

O funcionamento das canetas 3D é por eletricidade, portanto, você trabalha com o acessório ligado na tomada. É preciso tomar cuidado para não se queimar tocando a ponta durante a atividade. Principalmente para crianças, recomendamos o uso de luvas durante o trabalho.

Imagem mostra um pequeno objeto criado com impressão 3D.

A caneta 3D é recomendada para trabalho com objetos pequenos. (Fonte: nikitozawr/ Pixabay.com)

Critérios de compra: Fatores para a escolha de uma caneta 3D

Se você está convencido de que vale a pena comprar uma caneta 3D, precisa tomar a decisão correta no momento da aquisição. Vamos discutir agora alguns critérios importantíssimos!

Velocidade de impressão

A velocidade de impressão diz respeito à velocidade com a qual a caneta 3D libera os filamentos.

Para que o trabalho com a caneta 3D tenha resultados de boa qualidade, é preciso que a velocidade de impressão seja correta. Porém, se você ainda é um iniciante, pode ser difícil conseguir lidar com uma liberação de materiais acelerada.

As melhores canetas 3D do mercado possuem ajuste de velocidade de impressão. Quanto mais velocidades, mais seu trabalho será facilitado!

Imagem mostra uma mulher fazendo um trabalho artesanal com uma caneta 3D.

Verifique qual a velocidade ideal para os trabalhos que deseja fazer. (Fonte: luchschen/ 123rf.com)

Temperatura de trabalho

Outra categoria que você pode ajustar nas canetas 3D é a temperatura. A maior parte dos modelos disponíveis no mercado trabalha com aproximadamente entre 150 e 240 graus Celsius.

Uma boa caneta 3D deve oferecer uma gama satisfatória de temperaturas.

A importância do ajuste de temperatura nas canetas 3D se relaciona com o tipo de trabalho a ser realizado. Alguns usos do acessório pedem por maior tempo de resfriamento para perfeito assentamento, outros, nem tanto.

Preste atenção também na temperatura do lugar no qual você usará a caneta. Em dias de muito calor, o resfriamento demorará mais e, portanto, é ideal usar uma temperatura um pouco mais baixa.

Filamentos compatíveis

Nem todas as canetas são compatíveis com cada filamento vendido no mercado. É preciso observar a compatibilidade antes de finalizar a aquisição!

Confira uma lista com os filamentos mais usados e suas características:

  • ABS (Acrílico Butadieno Estireno): O ABS é o tipo de filamento mais comum e mais barato para canetas 3D. Ele precisa ser trabalhado entre 210 e 250 graus. Pode emitir gases tóxicos durante o trabalho.
  • Poli Ácido Lático (PLA): Tem a sustentabilidade como grande ponto positivo, uma vez que é biodegradável e não emite gases tóxicos. Porém, seu tempo de resfriamento é muito grande, o que faz com que não seja bom para alguns trabalhos.
  • Poliuretano Termoplástico (TPU): Devido à flexibilidade e maleabilidade, é a melhor opção para trabalhos artísticos e de criação de objetos do zero. Também possui ótima aderência com outros materiais.
  • Policarbonato (PC): Gera peças muito resistentes e também é muito recomendado para artesãos. Os resultados finais costumam ser muito bonitos.

Ergonomia

O trabalho com a caneta 3D é manual e requer muita destreza e habilidade. Para permitir que o usuário consiga fazer o seu melhor, o acessório precisa ser ergonômico e não causar dores durante o uso.

Durante a sua pesquisa, veja quais canetas 3D oferecem a melhor ergonomia. Se for possível fazer o teste pegando os seus modelos preferidos, melhor ainda: Dessa forma, você conseguirá testar qual fica mais confortável na sua mão.

Resumo

A tecnologia da caneta 3D é bastante nova e ainda está em evolução. Porém, ela já é uma ótima opção para artistas, artesãos, fabricantes de objetos de pequeno porte, profissionais de reparos e até mesmo crianças.

O uso da caneta 3D é bastante simples, mas requer paciência e habilidade. Também é necessário escolher os filamentos corretos para cada tipo de trabalho e entender com quais velocidades e temperaturas eles se dão melhor.

(Fonte da imagem destacada: mironovm/ 123rf.com)

Por que você pode confiar em mim?

Resenhas